Com reforço em ações ambientais, Parque Sumaúma é reinaugurado pelo governador José Melo

Gov. José Melo
Gov. José Melo
Gov. José Melo

Reinaugurado no final da tarde desta quinta-feira, 3 de julho, o Parque Estadual Sumaúma, no bairro Cidade Nova, zona norte de Manaus, conta agora com mais ações de fortalecimento da educação ambiental. Primeira Unidade de Conservação Estadual de Manaus, o parque recebeu R$ 1 milhão do Governo do Amazonas para revitalização da estrutura, que teve a biblioteca ampliada e um laboratório implantado, entre outras intervenções.

 

uma3

“Esse parque surgiu por meio de movimento social. Foi a comunidade daqui que se reuniu e decidiu preservar, mas com o tempo a estrutura foi se deteriorando. Agora o nosso Governo revitaliza, devolvendo à população totalmente recuperado. O Sumaúma virou um parque temático e vai ser fundamental para se criar um novo conceito de ecologia e de preservação, principalmente porque aqui temos mais de onze escolas nessas redondezas”, disse o governador José Melo durante a solenidade de reinauguração, na qual estava acompanhado da presidente de honra do Fundo de Promoção Social (FPS), primeira-dama Edilene Oliveira, e do prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto.

 

uma4

Para a titular da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SDS), Kamila Amaral, o parque é uma referência de preservação na capital, por manter 53 hectares de área verde em meio a uma zona de Manaus bastante populosa. “Nós precisamos aprender a conviver com o meio ambiente, mas principalmente aprender a preservar, e o parque acaba sendo uma referência”, disse a secretária.

De acordo com o chefe da Unidade de Conservação, Márcio Bentes, foram reformados o Centro de Visitação e a Biblioteca do parque, que conta com jogos infantis e literatura em geral e também voltada para o meio ambiente. Foi instalada rede de informática e telefonia e, ainda, um laboratório com onze computadores, que também poderá ser utilizado por alunos de escolas próximas e moradores da região.

Tobias Rodrigues de Lima, que mora ao lado do parque, disse que a reinauguração do local é um sonho e que valoriza o que ele chama de “laboratório a céu aberto”. “É um sonho realizado, até agora nem acredito. Hoje este lugar está voltando pra sociedade, pra nossa comunidade. Isso aqui é um laboratório natural muita gente não conhece, mas agora passarão a conhecer”, disse.

 

uma2

Horários de funcionamento – O parque, com funcionamento às sextas-feiras e sábados, das 8h às 17h, e aos domingos, das 8h às 12h, conta com sete servidores da SDS, além de 40 voluntários do programa Agente Ambiental Comunitário, coordenado pela secretaria.

Márcio Bentes adiantou que o parque vai passar, nos próximos meses, por um processo de cenografia artística, em que será transformado em um parque temático baseado nas lendas amazônicas. O valor do projeto está estimado em R$ 2 milhões.

Prestes a completar 11 anos, no próximo dia 5 de Setembro, o Parque Sumaúma possui 53 hectares de área de mata nativa, onde o visitante pode percorrer trilhas de visitação e onde podem ser encontradas duas nascentes de rio e uma vasta quantidades de animais silvestres como macacos, preguiças e várias espécies de pássaros.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here