Parceria Sead-TCE vai formar especialistas em Governança e Gestão Pública

O Governo do Amazonas, por intermédio da Secretaria de Administração e Gestão (Sead), deu início, na tarde desta quinta-feira (27), ao Programa de Aperfeiçoamento em Governança Pública, Gestão Administrativa, Saúde e Educação para os servidores públicos estaduais. O programa, que é o resultado da parceria entre a Sead e o Tribunal de Contas do Estado (TCE), através da sua Escola de Contas Públicas (ECP), prevê a realização de dois cursos: Especialização em Gestão Pública e Especialização MBA em Governança Pública e Gestão Administrativa.

A solenidade de início dos cursos foi aberta pelo Coordenador Geral da ECP, Conselheiro Josué Filho. Ele saudou os presentes lembrando que a política de capacitação do servidor deve ser prioridade nas administrações públicas.

“O TCE une-se à Secretaria de Administração para a qualificação do servidor público na expectativa de que este conhecimento obtido seja uma alavanca às necessidades primordiais, na avaliação do conhecimento individual do servidor, cujo resultado deve ser o bom atendimento ao público. Dessa forma, o servidor se sente mais seguro por estar sendo avaliado, na hora de fazer o seu trabalho”, disse Josué Filho.

Os cursos terão duração de oito meses, somando 450 horas de aula. Cem servidores, pertencentes a diversos órgãos da administração estadual, foram inscritos. Cada curso formará 50 servidores. O servidor receberá bolsa integral num valor unitário de R$ 799, somando um total de R$ 79.900 que serão bancados pelo Governo do Estado.

A aula inaugural foi proferida pelo professor de administração Márcio Assumpção e teve o tema “Governança Pública em Tempo de Crise”. Assumpção é Analista de Controle do Tribunal de Contas do Estado do Paraná, professor do Curso de Ciências Contábeis da Universidade Positivo, diretor do Sindicato dos Contabilistas de Curitiba. Ele também escreveu o livro “Contabilidade Aplicada ao Setor Público”, Editora IBPEX; “Contabilidade Pública”, editado pelo IESDE – Inteligência Educacional e Sistemas de Ensino; e coautor do “Manual do Vereador do Paraná”, lançado pela Editora Germânica.

“A capacitação é um caminho sem volta no serviço público. O povo não está mais desatento e, cada vez mais, está cobrando por um serviço melhor. E a melhor maneira de fazer este serviço melhor é a formação do servidor”, resumiu o professor Assumpção. Durante pouco mais de uma hora, o palestrante mostrou os diversos itens obrigatórios para a melhoria do trabalho nos órgãos públicos. Mostrou, entre outros conceitos, que o engajamento para essas melhorias tem de partir de todos, começando pelos próprios gestores, passando pelos escalões intermediários indo até o as funções mais básicas. “Governança, transparência e prestação de contas são itens essenciais que vão dar credibilidade e qualidade ao serviço público”, disse aos presentes o professor.

O secretário da Sead, Sílvio Romano, comemorou o início concreto da parceria com a Escola de Contas Públicas. “É com muita alegria que participamos deste evento que marca o início dos dois cursos, por isso já é uma ação concreta da Política de Desenvolvimento de Pessoal, lançada pelo governador José Melo (dia 24 deste mês). Como bem vimos na palestra do professo Márcio Assumpção, é nesse momento de crise que precisamos inovar, aliando-nos para que, no “fazermos juntos”, possamos economizar sem, contudo, buscarmos maneira de tornar mais ágil e criativo o serviço prestado à população por intermédio de servidores felizes e conscientes do seu compromisso de bem servir. Portanto, nossa gratidão ao governador José Melo, ao TCE e ao conselheiro Josué Filho, por essa parceria que trará grandes resultados para o nosso Estado”, finalizou o titular da Sead.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here