Papa Francisco doa respiradores ao Brasil

Foto: Tânia Rêgo/AgBrasil

O papa Francisco tem demonstrado sua preocupação com os países afetados pelo novo coronavírus tanto através de orações dedicadas, quanto pelas inúmeras doações feitas. Desta vez, não foi diferente. Segundo nota publicada pela Esmolaria Pontifícia, 35 respiradores serão doados para os países mais afetados pela pandemia. Quatro virão para o Brasil.

O texto publicado pela Esmolaria conta que os respiradores serão doados para o Haiti (4), Venezuela (4), Honduras (3), México (3), Colômbia (3), República Dominicana (2), Bolívia (2), Equador (2), Camarões (2), Zimbábue (2), Bangladesh (2) e Ucrânia (2). Sendo a maioria na América Latina.

Na nota, o Vaticano escreve: “Os equipamentos chegaram aos países do mundo em maior dificuldade, os gravemente atingidos pela pandemia e com os sistemas de saúde mais críticos, representando a proximidade concreta e o amor paterno de Francisco.”

Há algumas semanas, o Papa Francisco ainda fez uma ligação para São Paulo, para demonstrar solidariedade pelo nosso país, que é a segunda nação com mais casos da epidemia, atrás apenas dos Estados Unidos.

A ligação

O Papa Francisco ligou para o arcebispo de Aparecida (SP), dom Orlando Brandes, no dia 10 de junho. Segundo dom Orlando, o pontífice demonstrou solidariedade e carinho pelos brasileiros, principalmente por conta da pandemia causada pela Covid-19.

Durante o telefonema, o papa disse ao arcebispo que reza pelo povo brasileiro e que está acompanhando em oração a situação do Brasil. Ele ainda pediu para que os brasileiros rezassem por ele.

Dom Orlando disse que o pontífice compartilhou memórias acerca da visita que fez a Aparecida nos anos de 2007 e 2013, como arcebispo de Buenos Aires, na primeira vez, e, depois, como papa.

“Ele recordou que esteve aqui em 2013 e que aqui esteve em 2007 na Conferência de Aparecida, da qual também participei.”, disse dom Orlando em entrevista à TV Aparecida.

O Papa ainda pediu para que o arcebispo desse uma bênção, em nome do pontífice, para o povo brasileiro. Ao final da ligação, Francisco pediu que os brasileiros tivessem coragem e esperança.

Essa foi a terceira vez que o pontífice ligou para o Brasil durante o momento de pandemia do coronavírus. Francisco ligou para o arcebispo de Manaus, dom Leonardo Steiner, e para o arcebispo de São Paulo, cardeal Odilo Pedro Scherer. Em ambas as ocasiões, ele manifestou solidariedade.

Por SBT

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here