Papa condena decapitações comandadas pelo Estado Islâmico

Os militantes de preto conduzem os prisioneiros de laranja
Os militantes de preto conduzem os prisioneiros de laranja
Os militantes de preto conduzem os prisioneiros de laranja

O papa Francisco expressou nesta segunda-feira (16) “profunda tristeza” pela decapitação de 21 cristãos coptas egípcios na Líbia pelos jihadistas do Estado Islâmico. “Eles foram assassinados apenas pelo fato de serem cristãos. O sangue dos nossos irmãos é um testemunho de fé e pouco importa que sejam católicos, ortodoxos, luteranos, coptas: isso não interessa aos seus perseguidores, que veem apenas que eles são cristãos, porque o seu sangue é o mesmo, o seu sangue confessa o Cristo”, disse o pontífice. (Agência Lusa)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here