Operação prende 31 em combate a pornografia infantil no Brasil e em mais 6 países

Homem é preso em flagrante no DF durante 5ª fase da operação Luz na Infância. (Imagem: TV Globo/Reprodução)

Agentes da Polícia Federal e da Polícia Civil cumprem, na manhã desta quarta-feira (4), 105 mandados de busca e apreensão no Distrito Federal, em 14 estados do Brasil e em mais seis países. Esta é a quinta fase da operação Luz na Infância.

Até as 11h (horário de Brasília), 31 pessoas haviam sido presas em flagrante. Uma delas foi detida em Michigan, nos Estados Unidos. Os números serão atualizados durante esta quarta, segundo Alessandro Barreto, coordenador do Laboratório de Inteligência Cibernética da Secretaria de Operações Integradas (Seopi).

O último balanço de prisões dividido por local foi atualizado às 9h30:

Estados Unidos: 1 preso
Alagoas: 3 presos
Amapá: 1 preso
Amazonas: 2 presos
Distrito Federal: 1 preso
Mato Grosso: 1 preso
Mato Grosso do Sul: 2 presos
Rio de Janeiro: 1 preso
Pará: 2 presos
Paraná: 3 presos
Santa Catarina: 5 presos
São Paulo: 3 presos (1 em Campinas, 1 em Rio Preto)

De acordo com Barreto, os números poderiam ter sido maiores, porém alguns provedores de internet e companhias telefônicas compartilham o mesmo endereço de IP para até 1.020 usuários. “É como se a gente tivesse uma autopista com mil veículos, todos da mesma cor e com a mesma placa”, explicou.

“Alguns abusadores e exploradores sexuais deixaram de ser identificados.”
Apesar disso, os provedores não podem ser responsabilizados, segundo o Marco Civil da internet. “Mas eles precisam se adequar às novas tecnologias. Eles têm que migrar para o [protocolo] IPv6, para que isso individualize as conexões”, disse.

fonte: g1

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here