Operação de busca encontra destroços de avião chileno

Entre os desaparecidos, estão 17 tripulantes e 21 passageiros.

Foram encontrados, nesta quarta-feira (11), objetos pessoais e destroços compatíveis com a aeronave militar chilena desaparecida na última terça (10), com 38 pessoas a bordo, a caminho de uma base na Antártica.

A informação foi confirmada pelo Ministério da Defesa do Brasil que enviou o navio polar Almirante Maximiano, da Marinha do Brasil, para ajudar nas buscas por sinais da aeronave.

Segundo a corporação, os destroços foram localizados próximo das 16h desta quarta-feira, pelo horário de Brasília, mas a divulgação ocorreu somente à noite.

A nota acrescenta que as partes do avião estavam a cerca de 518 quilômetros da cidade de Ushuaia, no extremo Sul da Argentina. O navio brasileiro continua na área de busca, em ações integradas com as autoridades chilenas. Duas lanchas da embarcação continuam recolhendo os destroços encontrados.

O avião desaparecido decolou da Base Aérea de Chabunco, em Punta Arenas, a mais de 3 mil quilômetros ao sul de Santiago, no Chile. A missão era prestar apoio logístico à base instalada na Antártica.

Após o desaparecimento, o presidente chileno, Sebastian Piñera, foi para o posto de comando da Base Aérea de Cerrillos, na capital, para monitorar os trabalhos ao lado de dois ministros.

FONTE: ABr

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here