Infraestrutura

Obras de adequação do viaduto do Manoa são retomadas

FOTO: Márcio Melo/Seminf

As obras no complexo viário Professora Isabel Victoria, localizado na avenida Max Teixeira, Cidade Nova, zona Norte, foram retomadas nesta sexta-feira, 7/5. A área começou a receber serviços de fresagem do tabuleiro que irá receber o novo preenchimento em concreto, alinhando corretamente a rampa do lado Oeste do equipamento, sentido Centro/bairro, possibilitando o acesso e a trafegabilidade segura ao viaduto.

Aproximadamente 40 servidores e os equipamentos necessários das empresas JNasser Engenharia Ltda. e a Construtora Soma Ltda., responsáveis pela construção e a adequação do viaduto, garantem a conclusão das obras em 30 dias úteis. Todo o processo será fiscalizado pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) e da Comissão Interinstitucional de Apuração de Obras em Conclusão (CAOC).

De acordo com o vice-prefeito e secretário da Seminf, Marcos Rotta, a gestão anterior entregou um equipamento fora dos padrões técnicos de engenharia, impossibilitando a trafegabilidade.

“A administração atual recebeu um verdadeiro presente de grego do prefeito anterior, um viaduto fora dos padrões técnicos de engenharia e não adequado para o uso da nossa população, conforme o laudo técnico do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Amazonas (Crea/AM). Nós trabalhamos de forma a acabar de uma vez por todas com essa novela do viaduto do Manoa. Hoje, felizmente, a obra está sendo retomada, e nós esperamos poder recebê-la em até 30 dias, com todos os ajustes técnicos cumpridos, para que a nossa população possa fazer uso dentro dos padrões mínimos exigidos de segurança.  O prefeito David Almeida e eu estamos trabalhando para que Manaus receba uma obra à altura do que ela precisa e merece”, garantiu Rotta.

Dentro das medidas do projeto de engenharia apresentadas pelo consórcio para a adequação do problema no viaduto, ficou acordado o compromisso de que as empresas vão devolver o equipamento com o projeto da rampa Oeste com 9% de inclinação, a partir do eixo da pista, a contar da junta de dilatação do trecho onde termina o aterro e inicia a pista suspensa, devolvendo a trafegabilidade total com a devida segurança para todos.

Durante a reunião, realizada na última terça-feira, 4/5, com toda a equipe técnica e empresas envolvidas no processo, o presidente da CAOC, engenheiro Cleudinei da Silva, explicou que as inadequações encontradas pelas equipes da prefeitura no viaduto foram acatadas pelas empresas, e os reparos serão realizados no tabuleiro do lado Oeste, para que a obra seja entregue e liberada à população.

“Estamos de acordo com o projeto de adequação apresentado pelo consórcio. o cálculo estrutural está pronto e as obras finais já começam. Nosso intuito foi único, entregar uma obra segura dentro das especificidades de uma engenharia correta”, explicou Silva.

O complexo viário do Manoa foi inaugurado às pressas no último dia da gestão do ex-prefeito Arthur Virgílio Neto, no dia 31 de dezembro de 2020, e foi interditado no dia seguinte, por uma série de falhas identificadas na construção.

Deixe um comentário