Novo valor do Bolsa Família em 2021 ficará entre R$200 e R$250, diz relator

Senador Márcio Bittar defende programa com outro nome, mas Bolsonaro já descartou alteração. ─ Foto: Agência Senado

O valor do programa Bolsa Família “repaginado”, que o governo vai adotar a partir de 2021, deve ficar entre R$200 e R$250, segundo sinalizou senador Marcio Bittar (MDB-AC), futuro relator do Orçamento, em entrevista ao programa Jornal Gente, da Rádio Bandeirantes.

Aliado do presidente Jair Bolsonaro, o senador recebeu sinal verde do presidente para propor o benefício. Ele disse estar empenhado em apresentar o formato do programa até dezembro:

O Orçamento do Brasil para 2021 deve chegar a R$3,5 trilhões. É muito dinheiro, mas o problema é que quase tudo já está comprometido ou “carimbado”, daí a dificuldade de reunir os R$30 bilhões necessários ao novo programa social.

Marcio Bittar defende que o novo programa deixe de se chamar Bolsa Família, apesar de o presidente haver descartado a mudança, durante mensagem em vídeo que postou em suas redes sociais.

O senador acha que o governo deveria usar a marca “Renda Brasil”. Ele disse que gosta da ideia da mudança, mas a decisão será mesmo de Bolsonaro.

Segundo Bittar, um dos diferenciais do novo benefício será a criação de estímulos para que as pessoas não se acomodem e busquem emprego.

O senador Márcio Bittar foi entrevistado pelos jornalistas Pedro Campos e Cláudio Humberto.

*Com informações do Diário do Poder

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here