Novo diretor do IPAT põe detentos para trabalhar

(Foto: Divulgação)

O Instituto Penal Antônio Trindade – IPAT, desde o mês de FEV/2019 vem desenvolvendo o Projeto de Remição pelo Trabalho não Remunerado, previsto no § 1°, do Art. 126, da Lei de Execuções Penais que diz que o interno terá 01 (um) de sua pena remido para cada 03 (três) dias trabalhados.

Para os internos poderem trabalhar, eles passaram por um longo e sério processo seletivo onde foram submetidos a avaliações psicossociais, jurídica (verificação do crime cometido pelo interno), avaliação operacional e administrativa, bem como pela avaliação da equipe IPAT/SEAP, que possui em seus quadros, Policiais Militares altamente qualificados, que estão a disposição da SEAP.

(Foto: Divulgação)

O intuito é ressocializar através do estudo, dos cursos de qualificação profissional e do trabalho, o maior número possível de internos para que eles resgatem sua dignidade e possam, após cumprirem suas penas, estarem aptos a serem inseridos no mercado de trabalho e abandonarem a vida do crime.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here