Novo Airão realiza o XXII Eco Festival do Peixe-Boi

Fotos: Divulgação

O município de Novo Airão, localizado a 180 quilômetros de Manaus, realiza o 22º Eco Festival do Peixe-boi nos dias 15, 16 e 17 de novembro. O festival é o maior evento ecológico do Amazonas, promovido pela Prefeitura de Novo Airão, por meio das secretarias municipais Semintur (Indústria e Turismo) e Semuc (de Cultura), com apoio logístico do Governo do Estado, via SEC (Secretaria de Estado de Cultura do Amazonas). Paralelos ao festival são Realizados a 2ª Industriart (Feira de Móveis e Artesanato de Novo Airão) e o Festival de Verão 2019, que acontece na Praia do Porto. As atrações musicais ficam por conta de seis bandas, locais e regionais, com shows nas três noites de realização.

O evento tem como protagonistas o Grêmio Recreativo Folclórico e Cultural Peixe-boi Anavilhanas (verde e branco) e o Grêmio Recreativo Folclórico e Cultural Peixe-boi Jaú (verde e preto) em um embate cujas temáticas invocam elementos da natureza, mitos e lendas no ritual cénico e de cantos em defesa da preservação da Amazônia. O cenário é a Lagoa do Peixe-boi, denominação atribuída à Quadra Municipal durante a realização do evento.

As nomenclaturas das agremiações remetem aos nomes das reservas ecológicas localizadas no município: Parque Nacional de Anavilhanas e Parque Nacional do Jaú. Origem que norteia as temáticas, formatadas pelos grupos, com destaques de apelo à preservação da fauna, flora e biodiversidade.

As temáticas de 2019 são: “Anavilhanas: O parque, a lenda, o povo” (Peixe-boi Anavilhanas) e “Nawüigu Ayika: Revolução pela Consciência” (Peixe-boi Jaú). Narrativas construídas a partir de referências como a geografia, a cultura, o folclore, a tradição religiosa e o enfoque nas belezas da fauna e flora Amazônica. São itens de destaques das agremiações: Ala Temática, Garota Encanto da Batucada, Deusa da Canção, Mãe Natureza, Deus Mauá, Canção, letra e música, Coreografia,
Porta-Estandarte e Lenda do Peixe-boi.

O festival também revela importância pelo fato de ser o único evento cultural de iniciativa popular, voltado à preservação do meio ambiente. O secretário municipal de Cultura, Aroldo Nascimento Júnior, explica queo objetivo não se resume a uma disputa entre agremiações. O evento tem como finalidade a propagação da necessidade de conscientização sobre a
importância da natureza e, sobretudo, de preservação. O projeto técnico tem como destaques a valorização da cultura, o estímulo à criatividade do airãoense, a exaltação e defesa da natureza (bioma amazônico). “O festival nasce da necessidade de mudança de atitudes da população em relação à caça e ao abate cruéis ao peixe-boi. Bem como do hábito de consumo da carne do animal. Nessa esteira vem o trabalho de conscientização e alerta sobre a destruição do meio ambiente e extinção de espécies”.

A secretaria municipal de Indústria e Turismo, Suzianne Fonseca de Oliveira, revela que o festival também tem o foco voltado para o aspecto econômico visando intensificar o turismo, movimentar a economia e atrair investimentos gerando emprego e renda. Estratégia que aposta na realização de eventos de promoção da cultura e de estímulo à visitação ao município. “A maior fonte de renda de Novo Airão é o turismo, que movimenta várias atividades, beneficiando do ambulante ao empresário. Seguindo essa linha incluímos o Festival de Verão 2019 (Temporada de Praia) e o II Industriart, uma feira de negócios que visa atrair público, geração de negócios e promoção de produtos artesanais e moveleiros”.

O prefeito de Novo Airão, Frederico Júnior, reafirma a vocação turística. “Temos de investir nesse potencial. Nossos planos são de fazer um Festival do Peixe-boi maior este ano e potencializar outros eventos como o aniversário da cidade com ideias novas, aproveitando que as datas são próximas ao natal e ano novo. A estratégia envolve a intensificação de atrativos para formar o chamado público estável. Grupos de turistas e visitantes que acompanham o calendário de festas da cidade e se tornam assíduos. A meta é aumentar a circulação de recursos ano a ano”.

A programação do Festival do Peixe-boi começa na sexta-feira (15) com a festa de abertura. No sábado (16), será a noite de apresentações das agremiações. E, no domingo (17), apuração e festa do Campeão.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here