No Acre, Amazonino Mendes pede união de governadores na defesa da Amazônia

Amazonino informou que fará parte do COP-23, em Bonn, Alemanha, em novembro (Foto: Divulgação)
Amazonino informou que fará parte do COP-23, em Bonn, Alemanha, em novembro (Foto: Divulgação)

O governador do amazonas, Amazonino Mendes, pediu união na defesa da Amazônia, na noite desta quinta-feira, dia 26 de outubro, durante o 16º Fórum de Governadores da Amazônia Legal, em Rio Branco (AC).

No encontro, que marcou a implantação do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável da Amazônia Legal, Amazonino informou que participará da conferência das partes das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (COP-23), prevista para ocorrer em Bonn, na Alemanha, em novembro.

O governador comentou que, se a reunião unir a Amazônia, e todos derem as mãos, a Amazônia será uma força formidável deste país.

Ele disse também que esta união fará com que este país planeje e respeite as questões que são extremamente importantes ao povo da Amazônia, e que unidos, todos irão falar uma única palavra que é a busca dessa interação (desenvolvimento e floresta), respeitando a vida do povo e a aspiração mundial de salvação do planeta.

Amazonino Mendes destacou a importância do consórcio, que será uma ferramenta para facilitar a captação de recursos para investimentos nos estados da Amazônia Legal: Amazonas, Acre, Amapá, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins.

O governador assinou, ainda, a carta rio branco com propostas voltadas para as áreas do meio ambiente, turismo, segurança e comunicação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here