Neymar usa camisa com mensagem contra o racismo antes de PSG x Basaksehir

Jogadores dos dois times e trio de arbitragem seguiram protocolo especial na retomada do jogo interrompido na terça — Foto: Charles Platiau/Reuters

O atacante brasileiro Neymar e demais jogadores do Paris Saint-Germain usam camisas com mensagem contra o racismo no aquecimento no gramado do Parc des Princes antes de PSG x Istanbul Basaksehir, nesta quarta-feira, pela Liga dos Campeões da Uefa.

O jogo, iniciado na terça, foi interrompido ainda no primeiro tempo, após denúncia por parte da comissão técnica do time turco de ofensas racistas feitas pelo quarto árbitro, o romeno Sebastian Colţescu, contra o auxiliar técnico camaronês Pierre Webó. As duas equipes deixaram o gramado e decidiram não retornar, o que levou a Uefa e remarcar a partida para esta quarta.

A Uefa anunciou nesta terça um protocolo a ser seguido antes da partida. Jogadores do PSG e do Basaksehir fizeram o aquecimento em campo usando uma camisa branca com a frase em inglês “No to Racism” (Não ao Racismo, em português), e os escudos dos dois clubes. O trio de arbitragem também vestiu camisas com a mesma mensagem.

Na entrada em campo das equipes, em vez dos jogadores ficarem alinhados à beira do campo, eles se reuniram no círculo central, assim como a equipe de arbitragem, todos com a camisa com a mensagem contra o racismo. Os jogadores das duas equipes se ajoelharam em protesto contra a discriminação racial.

Pierre Webó também entrou em campo com a camisa feita especialmente para a ocasião.

O camaronês Pierre Webó, auxiliar técnico do Basaksehir, em campo com a camisa contra o racismo — Foto: Julien Mattia / AFP

Fonte: GE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here