Moradores do Zumbi dos Palmares cobram saneamento básico e mais segurança

Da Redação – Moradores do bairro Zumbi dos Palmares, zona leste de Manaus, cobram saneamento básico, segurança, áreas de esporte e lazer, melhor atenção em saúde e transporte público. O registro aconteceu durante ação social nesta quinta-feira (12) na Escola Estadual Antônio Nunes Jimenez , localizada na Rua Antenor Cavalcante,  s/n, numa iniciativa da Igreja Evangélica Promessa de Deus, em parceria com a Casa Civil do Governo do Estado, secretarias de esporte e cultura, Senai, Amigos Solidários, entre outros. Estiveram presentes ao evento o secretario Sidney Leite acompanhado do deputado Wanderley Dallas e da vereadora Gloria Carrate.

A ação social denominada ‘Semeando Amor’ disponibilizou serviços de saúde e embelezamento e teve programação especial pelo Dia da Criança.

O gestor da escola, Joelson da Silva Adrião, informou que a unidade escolar atende a 1.500 alunos do bairro do Zumbi e áreas adjacentes, como Bela Vista, Puraquequara, Colônia Antônio Aleixo, Grande Vitoria. Possui o menor índice de abandono (1.3) e em função à demanda precisa se mais salas e professores.  A parceria com o Instituto Federal do Amazonas (Ifam) com cursos profissionalizantes foi destacada pelo gestor.

Joelson também falou do projeto “Semeando Sorrisos”.  “A escola se prepara o ano todo (rifas e outros) em parceria com a comunidade da Paz objetivando arrecadar fundos para comprar brinquedos e distribuir no Dia das Crianças às comunidades ribeirinhas  de Careiro Castanho, Autazes e Três Unidos – que é uma comunidade indígena. Este ano arrecadamos 1.400 brinquedos e também temos os jogos internos que são tradicionais e que acontecem esta próxima segunda feira (16)”, destacou.

A técnica em psicologia do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai),  Tatyane Cardoso, também falou do trabalho realizado. “O Senai foi criado para qualificar a demanda na Indústria. Oferecemos cursos (eletrônica, construção civil, alimentos e outros) que são pagos (R$ 130 a 200,00 por mês). Cursos gratuitos agora só a distancia (40h) e temos duas bolsas de estudos por curso para oferecer”, disse. Ela destacou ainda o trabalho dos barcos Escola do Senai que atendem comunidades ribeirinhas.

Jovens sem oportunidades

Grace Brito, moradora do Zumbi II, cobra mais segurança, saneamento básico, ações sociais e cursos gratuitos para os jovens. “Prioritário é saneamento básico e por conta do aumento dos assaltos é urgente mais policiais. Para os jovens entre 12 e 14 anos deveria existir cursos gratuitos para eles ocuparem o tempo ocioso, pois sem terem o que fazer ficam pela rua em más companhias aprontando. Também queremos mais ônibus. Passamos até três horas esperando, pois os alimentadores deixam no terminal. A saúde é precária. Tem fila desde as duas da madrugada e o especialista apenas atende 15 fichas e aparece duas vezes por semana”, afirmou.

O Pastor Carlos Enes informou que no Zumbi falta segurança, policiamento, além de muito assalto no comércio local, nas ruas, nas casas. Também afirma que faltam espaços para o lazer e o esporte para o jovem. “Quadra esportiva aqui somente nas escolas, temos muita esperança com o novo governador que isto melhore”, destaca.

Desafios da Casa Civil

“Dentre as prioridades do Governador Amazonino está brindar com melhor serviço à população. Ninguém aguenta mais a situação difícil na saúde, as filas, falta de remédios, dificuldades aos pacientes renais entre outros. Na área da segurança também muitos crimes por conta do narcotráfico e o grande desafio é desenvolver politicas de ação social. Também é preocupação do Governador que as secretarias trabalhem interligadas para dar melhores resultados”, destacou Sidney Leite, secretário da Casa Civil. / Mercedes Guzmán

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here