Moradora de rua é morta a tiros por homem em Niterói ao pedir R$ 1

Imagem mostra momento em que homem aponta a arma para a moradora de rua ─ Foto: Reprodução

Uma mulher foi assassinada a tiros no Centro de Niterói, na Região Metropolitana do Rio, após abordar um homem e pedir dinheiro. O crime ocorreu na madrugada do último sábado e foi registrado por câmeras de segurança da região. De acordo com a polícia, o homem, que não gostou de ser abordado pela vítima que pedia R$ 1, atirou na mulher, que morreu após ser socorrida. Zilda Henrique dos Santos Leandro, de 31 anos, conhecida pelos populares como Néia, foi atingida no meio da rua.

Imagens mostram o momento em que a mulher aparece falando e gesticulando com o homem, identificado como Aderbal Ramos de Castro, que passava para Rua Barão de Amazonas. Ele até tenta desviar, mas a mulher o segue.

Algum tempo depois, Aderbal Castro saca um revólver calibre 38 e dispara duas vezes contra Néia. Após isso, ele sai andando sem pressa pela calçada enquanto a vítima agoniza no chão. Aderbal Ramos foi preso pela Polícia Civil nesta terça-feira.

Uma mulher que viu o crime tentou socorrer a vítima pedindo ajuda a motoristas que passavam pelo local. No entanto, os condutores não pararam. Depois de ser alvejada, Néia ainda chegou a ser socorrida pelo Corpo de Bombeiros e levada para o Hospital estadual Azevedo Lima, no Fonseca, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Após ser preso por agentes da Polícia Civil, Ramos confessou o crime. Ele contou que Néia teria tentado roubá-lo, versão que foi descartada pela Polícia Civil. A arma do crime ainda estava com o criminoso.

A prisão temporária de Ramos foi decretado pelo Plantão Judiciário e ele foi encaminhado para a Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica. Se condenado por homicídio, ele poderia ficar até 30 anos preso.

FONTE: EXTRA

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here