Mobilização ‘Basta ao suicídio’ reúne mais de 600 pessoas na ponte Rio Negro

(Fotos: Divulgação)

De iniciativa do deputado estadual João Luiz (Republicanos), a mobilização “Basta automutilação, depressão e suicídio” reuniu mais de 600 pessoas na manhã deste sábado (31), na ponte Jornalista Phelipe Daou (ponte Rio Negro). 

Representantes de instituições, associações, órgãos públicos municipal e estadual, grupos de ciclistas e de jovens caminharam pela ponte e, ao formar um grande círculo, fizeram uma oração em defesa da vida. Houve, ainda, a distribuição de panfletos alertando sobre os sintomas da depressão e as consequências da doença.

A ação na capital, segundo João Luiz, é o pontapé inicial da campanha que será levada a todos os 61 municípios do Estado. “Cientes da importância desse ato em favor da vida, vamos mobilizar todo o Estado, levando a campanha aos 61 municípios amazonenses, onde os índices de suicídios são preocupantes. E vamos trabalhar, com bastante afinco, para reduzir esses números”, afirmou o parlamentar. 

Idealizador da campanha na Bahia, o deputado estadual Jurailton Santos (Republicanos-BA) participou da ação, elogiou a iniciativa de João Luiz e ressaltou o engajamento da sociedade amazonense em defesa da vida. “É de suma importância contar com o apoio da sociedade neste tipo de ação, isso porque um olhar ou uma palavra amiga podem fazer a diferença para quem sofre de depressão”, ressaltou. 

O comandante do Corpo de Bombeiros na capital, tenente-coronel Alexandre Freitas, atentou para a importância da realização da ação na ponte Rio Negro. “Temos muitos registros e ocorrências de tentativas de suicídio na ponte que, infelizmente, se tornou um local atrativo para as pessoas que precisam de ajuda. Mas esse ato deve mudar essa concepção. A ponte é deve ser sinônimo de vida e não de morte”, destacou. 

A ação contou com o apoio da Frente Parlamentar Cristã da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), do Departamento de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros. 

Participaram da mobilização a vice-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-AM), Grace Benayon; do secretário executivo de Estado de Educação, Bibiano Garcia; do secretário Municipal de Esporte e Lazer, João Carlos Mello; do diretor-presidente da Fundação Centro de Controle de Oncologia do Amazonas (FCecon), Gerson Mourão;  general Teixeira, do Exército; além de representantes das secretarias Municipal e Estadual de Saúde (Semsa e Susam), associações, instituições, grupos de jovens e de ciclismo que desempenham atividades e abraçam a causa. 

Em todo mundo, estima-se que mais de 300 milhões de pessoas sofram de depressão e, conforme a Organização Mundial de Saúde (OMS), o suicídio já contabiliza mais de 800 mil vitimas, sendo a segunda causa de morte no planeta entre jovens de 15 e 29 anos.     

No Amazonas, segundo dados da Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP-AM), 30 pessoas já tiraram a própria vida, entre os meses de janeiro e abril deste ano, além das inúmeras tentativas impedidas pelas equipes da Polícia Militar.

“Vamos trabalhar para reduzir esses índices e, para isso, esperamos contar com toda sociedade amazonense. Cada um fazendo a sua parte, estendendo a mão ao próximo, tenho certeza que vamos mudar esse cenário”, concluiu  João Luiz. 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here