Ministro dos Transportes recebe honraria e reafirma compromisso com BR 319

(Foto: Ney Xavier)
O ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Valter Casimiro Silveira, é o novo Cidadão do Amazonas. A honraria foi concedida na manhã desta quinta-feira, 9, a partir de uma iniciativa do deputado Adjuto Afonso (PDT), em cerimônia presidida pelo deputado David Almeida (PSB). Adjuto Afonso justificou a homenagem destacando o trabalho do ministro enquanto exerceu o cargo de Diretor-Geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), na manutenção das estradas da região que aguardam pavimentação. O ministro falou sobre o trabalho pela pavimentação da BR 319.
“Estamos homenageando o ministro Casimiro, não porque é ministro, pois quando fizemos a proposta nesta Casa, o Valter era do DNIT, é funcionário de carreira desde 2006 e hoje está ministro, mas foi diretor-geral do órgão. Nós, do Amazonas, Rondônia, Acre, temos essas estradas, a BR 319, a 230, que liga Humaitá à Lábrea, a 317, que liga o Acre ao Amazonas, todas tem trafegabilidade porque passam por manutenção a partir de um trabalho do DNIT. Na sua gestão essas estradas estão tendo conservação. Se não foi possível ainda asfaltar, pelo menos a manutenção tem que existir, e o Valter tem feito isso com muita competência”, disse Adjuto Afonso.
O deputado Adjuto Afonso relembrou que no inicio deste ano integrou uma comitiva que se deslocou à BR 319, sob a liderança de Valter Casimiro, com objetivo de vistoriar a trafegabilidade da rodovia. “Este ano eu tive o prazer de acompanhá-lo numa comitiva, de Porto Velho a Manaus, pela BR 319, e ali eu me convenci que ele tinha que ser Cidadão do Amazonas, pelo seu conhecimento e dedicação por essas estradas da região. Nós sabemos que estrada na região amazônica é muito difícil”, destacou.
O Ministro dos Transportes, Valter Casimiro, em seu pronunciamento, agradeceu o autor da propositura, deputado Adjuto Afonso, destacando, também o deputado Sabá Reis, seu colega do DNIT.
“Agradeço ao deputado Adjuto pela homenagem. É com muita emoção que venho aqui, no Estado do Amazonas, receber esse título. Já tive oportunidade de estar nessa Casa pra fazer prestação de contas do trabalho que o DNIT e o Ministério dos Transportes vem fazendo pelo Amazonas. Mas, a sensação de estar aqui, hoje, recebendo esse título de um Estado que eu ajudei a melhorar a infraestrutura logística, isso me traz uma felicidade imensurável. Só quem recebe um título e conhece o Estado do Amazonas sabe do que eu estou falando. Aqui comecei minha carreira no DNIT, viajando para Tabatinga, Coari, vendo o estado dos nossos terminais rodoviários, implantando um programa para dar dignidade à população do interior do Amazonas”, ressaltou o Ministro dos Transportes.
Ele também demonstrou conhecimento quanto à realidade do interior do Estado e reconhece que há muito ainda a se fazer pela região. “Os meus irmãos amazonenses sabem do que eu estou falando, a maioria do povo brasileiro não sabe da realidade do amazonense, não sabe o que é chegar numa embarcação, no interior do Amazonas, descer num barranco, numa tábua de 30cm com filho no colo, com saco de farinha nas costas, caindo na água, não tendo o mínimo de dignidade. Vejo a dívida que o governo tem com essas pessoas, com o Estado do Amazonas, com a região Norte. Muito me orgulha receber esse título e ser irmão do povo amazonense, porque sei a luta desse povo”, disse o Ministro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here