Ministério Público pede na Justiça lockdown por 10 dias em Manaus

Não cumprimento da medida implicará em multa diária de 100 mil reais. ─ Imagem: Reprodução

Nesta terça-feira (5), o Ministério Público do Amazonas (MPE-AM) impetrou Ação Civil Pública (ACP) pedindo que a Justiça determine ao governador do Amazonas, Wilson Lima, e ao prefeito de Manaus, Artur Neto, decretem num prazo máximo de 24 horas lockdown em Manaus por 10 dias sob pena de multa diária de 100 mil reais. Confira abaixo a íntegra da Ação Pública do MPE:

MPAM-Lockdown-peticionada

*Com informações da assessoria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here