Matadouros clandestino são denunciado por Marcos Rotta

Foi elaborado um projeto de lei para inibir a ação de abatedouros clandestinos no Amazonas, mas foi suspensa pela justiça

Foi elaborado um projeto de lei para inibir a ação de abatedouros clandestinos no Amazonas, mas foi suspensa pela justiça
Foi elaborado um projeto de lei para inibir a ação de abatedouros clandestinos no Amazonas, mas foi suspensa pela justiça
O deputado estadual Marcos Rotta, do PMDB, denunciou o funcionamento de abatedouros clandestinos na capital e no interior do Amazonas. O parlamentar mostrou o trabalho feito por um médico veterinário, no interior, e também imagens de animais sendo abatidos no chão, sem as mínimas condições de higiene. O alerta é para a falta de fiscalização em produtos que abastecem a população em todo o Amazonas.

Em 2013, o Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento autuou e interditou mais de 30 abatedouros clandestinos no Amazonas. poucos estabelecimentos atuam legalmente no estado. O deputado também denunciou a falta de profissionais qualificados para fazer a fiscalização nesses abatedouros.

Marcos Rotta, que é presidente da Comissão de Defesa do Consumidor, da Assembleia Legislativa do Amazonas (CDC-Aleam), elaborou um projeto de lei para inibir a ação de abatedouros clandestinos no Amazonas, mas a lei foi suspensa pela justiça.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here