Manifestação em defesa dos direitos dos povos indígenas

(Fotos: Mercedes Guzmán/Blog da Floresta)

No domingo (20), no Largo São Sebastião, centro de Manaus, aconteceu a manifestação dos povos indígenas do Amazonas ‘Resistir para Existir’ em defensa dos seus direitos, principalmente por saúde, educação e pela demarcação de seus territórios. Contou com o apoio da Arquidiocese de Manaus, Caritas, participaram representantes de várias etnias do Amazonas e participação do deputado federal (PT) José Ricardo entre outros.

O protesto foi também contra a retirada da Funai no processo de demarcação que oficialmente foi transferido para o Ministério da Agricultura, dirigido por ruralistas e que segundo os discursos “justamente os que mais invadem as terras indígenas em desrespeito à Constituição Federal”.

“Temos que trabalhar para a unificação de nossas lutas, dos trabalhadores urbanos de todas as categorias, dos povos indígenas e quilombolas, daqueles que são chamados de minorias mas que ocupam um elevado grau de importância na sociedade em que vivemos (mulheres, LGBTs) é fundamental para conquistarmos vitórias e avanços na construção de um mundo igualitário e justo”, segundo relataram representantes indígenas. Reclamaram ainda o respeito pelas culturas originarias.

Almerinda Ramos

A diretora da Federação de Organizações Indígenas do Rio Negro (FOIRN), Almerinda Ramos de Lima, disse representar mais de vinte povos indígenas do Rio Negro e está participando do ato de resistência para fortalecer a luta em defesa dos direitos indígenas que estão sendo ameaçados.

O representante da FOIRN, Marivalton Baré disse que governo não tem compromisso com os povos indígenas. “Estamos participando deste ato democrático para expressar que estamos contra as medidas do atual governo, medidas que em nada beneficiam a nossos povos”.

Marivalton Baré

Faltam políticas de Estado

Na oportunidade, o deputado federal José Ricardo (PT) disse que a primeira medida do presidente Jair Bolsonaro foi um golpe para os povos indígenas. “Nós temos aqui no Amazonas processos de demarcação de terras que ainda não foram acabados e parece que não há nenhuma intenção neste sentido. Por outro lado, temos cobrado muitas vezes a falta de políticas de Estado para garantir os direitos dos povos indígenas que possam gerar renda e investir no turismo do estado”, afirmou.

Dep. José Ricardo

“Eu me somo ao discurso de resistência dos povos indígenas, foram medidas para retirar direitos e estaremos resistindo a todo que afeta a população mais pobre”, finalizou o deputado federal, José Ricardo.

Reportagem/Fotos: Mercedes Guzmán

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here