Manchas sem sensibilidade? Pode ser Hanseníase

A Hanseníase é uma doença infecciosa que pode afetar qualquer pessoa em qualquer idade. As principais manifestações da doença acontecem na pele e nos nervos periféricos. A melhor maneira de evitar sequelas é o diagnóstico precoce e o tratamento até o fim. Confira abaixo tudo que você precisa saber sobre sintomas, diagnóstico, transmissão e tratamento.

Estes são os 4 Principais sintomas

  1. Manchas brancas, avermelhadas ou amarronzadas em qualquer parte do corpo, geralmente com perda da sensibilidade à dor, ao calor, ao frio e ao tato. As manchas são mais frequentes nas extremidades das mãos e dos pés, rosto, orelhas, pernas e nádegas;
  1. Alteração da sensibilidade em áreas secas da pele, com diminuição do suor e dos pelos (principalmente nas sobrancelhas);
  1. Dor e sensação de formigamento, fisgadas ou dormência nos braços e nas pernas;

Diminuição da força muscular (dificuldade para segurar objetos);

  1. Inchaços das mãos ou dos pés.

Apresentei um ou mais sintomas. Como o médico fará meu diagnóstico?

Por meio de exame clínico (geral e dermatoneurológico), que identificam as alterações de sensibilidade da pele e o comprometimento dos nervos periféricos. Em Manaus, a rede pública municipal está apta a realizar o exame dermatológico para suspeição da hanseníase e todas as Unidades Básicas de Saúde estão preparadas para o tratamento.

Quais são as formas de contágio da Hanseníase?

A hanseníase é transmitida de uma pessoa infectada, que não esteja fazendo o tratamento,  para uma pessoa sadia, por meio de secreções nasais, tosses e espirros. As chances de transmissão são maiores quando o contato com a pessoa doente é prolongado, em ambiente fechado, com pouca luz solar e pouca ventilação. Apesar da alta capacidade de transmissão do bacilo de Hansen, poucas pessoas (as mais suscetíveis) adoecem, pois a maior parte da população possui defesa natural contra o bacilo. O período de incubação da hanseníase é longo. Geralmente são necessários de 2 a 7 anos para que a doença se manifeste.

E como funciona o tratamento?

O tratamento da Hanseníase é feito com um conjunto de medicamentos (tratamento polioquimioterápico – PQT) oferecido gratuitamente pelo sistema público de saúde. Pode durar de 6 meses a 1 ano dependendo da forma clínica diagnosticada. Quanto mais rápido o diagnóstico, mais fácil é a cura. Com o início do tratamento, a doença deixa de ser transmitida.

Procure uma unidade básica de saúde.

Quanto mais cedo o diagnóstico, mais rápida a cura.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here