Saúde

Manaus já tem 70% da população com o esquema completo e 90% com a primeira dose

FOTO: JOÃO VIANA / SEMCOM

A campanha de vacinação contra a Covid-19, que a Prefeitura de Manaus realiza desde o dia 19 de janeiro, alcançou neste sábado, 13/11, 70% da população vacinável com esquema completo e 90% da população apta a receber a vacina, com a primeira dose. Isso equivale a 1.251.100 pessoas já com a imunização completa e 1.607.069 pessoas de 12 anos e mais que iniciaram o processo de proteção contra a doença. A população vacinável da capital é estimada em 1.785.793 pessoas.

Considerando a população geral de Manaus, de 2.219.580 pessoas, incluído o público de recém-nascidos até os 11 anos de idade, a cobertura com a primeira dose está em 72%, e mais de 55% desse público já concluiu o esquema vacinal, considerando duas doses e dose única.

O prefeito David Almeida, que acompanha diariamente a evolução da vacinação, considera positivo o avanço na cobertura, mas acredita que os números poderiam ser melhores. “Desde o começo da campanha, montamos um plano operacional, com estratégia para atender a todos os públicos indicados pelo Ministério da Saúde. Temos equipes em pontos distribuídos por toda a cidade. Criamos – e mantemos -, as condições necessárias para receber as pessoas que devem tomar a vacina. Mas precisamos de um comparecimento maior. Ainda temos 183 mil pessoas que não tomaram a primeira dose. A vacina é o principal meio de proteção e a esperança para sairmos da pandemia”, disse o chefe do Executivo municipal.

Uma das estratégias da prefeitura é a ampliação e descentralização dos pontos de vacinação. Nesta semana, além das unidades de saúde e pontos estratégicos, a Semsa está disponibilizando um local, nas imediações da feira Manaus Moderna, para atender aos trabalhadores e frequentadores daquela área da cidade, e, em parceria com o governo do Estado, pontos de vacinação em cinco shopping centers: Manauara, Grande Circular, Sumaúma, Manaus Plaza e Ponta Negra. Além desses, a prefeitura está incluindo na campanha o shopping Manaus Via Norte, que deu início à vacinação neste sábado, e o Shopping Millennium, que terá vacinação, a partir da próxima terça-feira, 16.

A secretária da Semsa, Shádia Fraxe, volta a destacar a importância de conclusão do esquema vacinal, no caso dos imunizantes cujos fabricantes indicam a necessidade de duas doses. “Registramos um número considerável de pessoas, que ainda não retornaram para tomar a segunda dose. Muitas delas já deveriam, inclusive, estar recebendo a dose de reforço. A proteção da população só estará assegurada quando todos que precisam ser vacinados estiverem com a imunização completa. É necessário que as pessoas entendam que só uma dose não garantirá a eficácia esperada e essa é uma imunização que deve ser coletiva”, alerta.

Segunda dose

A Semsa, que coordena a campanha de vacinação contra a Covid-19 na capital, passou a observar novos prazos para a segunda dose dos imunizantes AstraZeneca e Pfizer. O da vacina da Pfizer passou a ser de, no mínimo, 21 dias, seguindo o que indica a bula do fabricante. No caso da AstraZeneca/Fiocruz, o intervalo mínimo passou para quatro semanas, de acordo com a recomendação do Ministério da Saúde. Além disso, a Semsa também reduziu para cinco meses o intervalo para a dose de reforço em pessoas acima de 60 anos e trabalhadores de saúde, que já receberam a segunda dose ou dose única.

De acordo com os registros do Sistema Municipal de Vacinação (SMV), o número de pessoas que ainda não voltaram para concluir o esquema vacinal é de cerca de 350 mil, considerando os novos intervalos.

*Com informações da assessoria

 

Deixe um comentário