Manaus e Amazonas têm “marcantes” projetos mirabolantes e bizarros

projeto mirabolante

Manaus e o Amazonas também tem os seus projetos mirabolantes, bizarros, estranhos e estapafúrdios. Os principais projetos encontramos na Câmara Municipal de Manaus. São os de Socorro Sampaio que propôs carros de lixo perfumados  para que ninguém tampe as narinas quando o veículo passar. O segundo é o de Gilmar Nascimento – o Pipódromo, local apropriado para se praticar a brincadeira de “levantar papagaio”, conhecido fora do Amazonas como pipa.  O projeto de Roberto Sabino tentando determinar que a cor branca seja usada apenas por médicos e enfermeiros é considerado também um disparate porque excluíria dessa cor uma série de profissiões  e ramos religiosos como padeiros, confeiteiros, pais  de santo, espíritas e até poetas como Thiago de Melo. Se o projeto de Sabino passasse, os mais de 8 mil trabalhadores da Moto-Honda, por exemplo, teriam que deixar de usar a farda branca que tanto os caracteriza.

Na Assembleia Legislativa, encontramos pelo menos dois: Um que cria o Dia Estadual da Bicicleta (a prática para dar resultados tem que ser vários dias na semana e não um dia do ano) e um hospital para cachorros. São os nossos projetos imaginativos, mirabolantes e coisas que o valha.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here