Mais de mil veículos atuam no transporte clandestino em Manaus

Os clandestinos transportam em média 317 mil passageiros
Os clandestinos transportam em média 317 mil passageiros
Os clandestinos transportam em média 317 mil passageiros

O crescimento do transporte clandestino em Manaus tem preocupado o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram), que durante o ano de 2014 fez um levantamento estatístico sobre os meios de transporte que atuam sem licitação em Manaus. A estimativa do órgão é que em Manaus existam mais de mil veículos, entre táxis lotação, alternativos e executivos, sem contar com os mototaxis, atuando de forma clandestina.

O levantamento apontou, ainda, que os clandestinos transportam em média 317 mil passageiros e faturam aproximadamente R$ 1,2 milhão por dia, sem pagar nenhum tipo de imposto para circular.

De acordo com diretor do Acordo Operacional ACOP/Sinetram, Azarias Carvalho, responsável pelo levantamento, os mototaxistas, alternativos, executivos e as lotações subtraem passageiros do sistema, o que encarece a tarifa do transporte coletivo convencional. Além de, em caso de algum acidente, as vítimas deixam de ser assistidas, pois o transporte clandestino não possui nenhum tipo de seguro para indenizações. Atualmente 1,5 mil ônibus e dez empresas operam na capital.

“Os meios de transporte clandestinos são os predadores do sistema convencional. Além de não oferecer nenhum tipo de segurança para seus passageiros, eles ainda ajudam a aumentar o valor da tarifa, pois tiram os passageiros do transporte convencional. Não estamos medindo esforços para que o nosso passageiro tenha um transporte com segurança, qualidade e conforto”, destaca Carvalho.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here