Luiz Castro critica a desativação da Base Anzol em Tabatinga

Dep. Luiz Castro
A desativação do posto de controle fluvial da Polícia Federal (Base Anzol) em Tabatinga (distante 1.108 km de Manaus), foi criticada hoje (5), pelo deputado Luiz Castro (Rede), durante pronunciamento, da tribuna da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam). O parlamentar disse que vai cobrar um esclarecimento do Ministério da Justiça, bem como a reativação das operações de repressão ao narcotráfico na região de tríplice fronteira do Brasil com a Colômbia e Peru.     

Luiz Castro recebeu inúmeras reclamações de moradores dos municípios do Alto Solimões, demonstrando a preocupação com a desativação da Base Anzol, em função do agravamento da violência na região, produzida pela ação do tráfico de drogas.
“O Governo Federal promove um retrocesso na política de controle de fronteiras, numa área estratégica para o País, fragilizando inclusive a soberania brasileira, enquanto o diretor-geral Fernando Segóvia mantém conversas suspeitas com o presidente Michel Temer”, criticou o deputado,  
Luiz Castro anunciou também que vai solicitar uma audiência com o superintendente da PF no Amazonas, Alexandre Saraiva, para discutir a situação com a falta de guarnição policial naquela região, que é porta de entrada dos dois países vizinhos para o Brasil.
A Base Anzol foi instalada em 2015, em Tabatinga, sendo que o posto central funcionava em uma balsa no rio Solimões, que é entrada do rio Amazonas, ocupada por policiais e forças militares, além de outra embarcação menor que funcionava como apoio. O município também recebeu equipamentos de segurança, como câmeras instaladas em 14 pontos da cidade, além de um ônibus equipado para monitoramento.   
No posto, os policiais federais e militares do Exército faziam a abordagem de todas as embarcações que entram pelo Solimões, fiscalizando barcos de passageiros e bagagens, reprimindo principalmente o tráfico internacional de drogas, contrabando, exploração ilegal de minérios e o fluxo de estrangeiros no Brasil.
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here