Lojistas com grande expectativa nas vendas para o Dia das Crianças

O Dia das Crianças é uma das épocas mais esperadas pelo comércio amazonense
O Dia das Crianças é uma das épocas mais esperadas pelo comércio amazonense
Desde o final da semana passada, o centro da capital e principais lojas com artigos voltados para a criançada estão recebendo diversos clientes a procura do melhor presente para seus filhos, netos, sobrinhos e afilhados.
No próximo sábado (12), se comemora o Dia das Crianças e a procura nesta semana já aumentou segundo donos de lojas de brinquedos. O BLOGdaFLORESTA visitou nesta segunda-feira (7) três lojas e conversou com gerentes, vendedores e clientes, sobre a expectativa de vendas, procura e os brinquedos que estão “em alta” no mercado infantil atual.
As pessoas deixam para comprar em cima da hora, explicou Monik
As pessoas deixam para comprar em cima da hora, explicou Monik
Na loja “Planeta das Fantasias e Brinquedos”, localizada na Avenida João Valério, Vieiralves, zona centro-sul, a reportagem falou com Monik Hellen Queiroz, que trabalha há sete anos como vendedora. Monik contou que todo ano o percentual de vendas aumenta. “A tendência é aumentar, mas as pessoas deixam para comprar em cima da hora , começam a chegar mais no final da tarde, quando vem do trabalho”, explicou.
A vendedora contou que, ano passado a tendência de presente para meninas era a Barbie e este ano é a “Monster High” e em segundo lugar um brinquedo unissex, o “Furby” (um boneco de pelúcia que tem um aplicativo que pode ser baixado no ipod, iphone, ipad), depois a barbie butterfly e para meninos a linha dos “Vingadores”, em segundo lugar Playgroud (cama elástica e outros) e em terceiro brinquedos elétricos, como carros e motos.
Nossa expectativa é que esse ano tenha um aumento de 10% em relação ao ano passado, diz Ketulla
Nossa expectativa é que esse ano tenha um aumento de 10% em relação ao ano passado, prevê Ketulla
Sobre a expectativa de vendas, Monik disse que no mês de outubro a loja costuma render cerca de R$ 200 a R$ 300 mil e por dia um total de R$ 19 a R$ 20 mil.
Na ocasião falamos com a fonoaudióloga, Maysa Feitosa, 36, que estava comprando presente para os dois filhos adolescentes. Maysa explicou que a idade não importa e que os filhos fazem questão de ganhar presentes da data. “Não importa a idade, eles ainda gostam de receber presentes no dia das crianças. E sobre o que comprar, eu faço uma pesquisa e por isso começo a andar bem antes do dia pelas lojas”, disse Maysa.
Dia 11 muita gente vai aparecer, enfatizou Valéria
Dia 11 muita gente vai aparecer, enfatizou Valéria
Na mesma localidade, o BLOGdaFLORESTA também foi à “Hobby Brinquedos”, onde falou com Ketulla Oliveira, 26, vendedora há três anos na loja. A vendedora reafirmou a mania brasileira de deixar as compras para a última hora. “Eles sempre vem na sexta ou no sábado mesmo. Nossa expectativa é que esse ano tenha um aumento de 10% em relação ao ano passado”, relatou.
Ketulla disse que o “Furby” é a aposta do dia das crianças no ano de 2013, pois ele tem um diferencial, pois fala o próprio idioma, o que ela chamou de “furbys” e destacou que o “Lego”, que já figura no cenário infantil há  anos, não saiu da moda e também vem sendo muito procurado pelos pais. Além da alta procura pelo boneco “Ben 10”.
Para Valéria Pontes, 28, gerente da “Locomotiva Brinquedos” há dez anos o processo natural de cada ano é aumentar as vendas, mas relatou que tem ano que as vendas não aumentam como o esperado e até ficam no mesmo percentual do ano anterior. “As pessoas sempre deixam para a última hora é uma cultura, dia 11 muita gente vai aparecer, é normal”, enfatizou.
A pequena Milena e a mãe Viviane vieram apenas escolher o que será comprado
Milena e a mãe Viviane vieram apenas escolher o que será comprado
A pequena Milena Melo, 9, estava na loja acompanhada da mãe escolhendo seus presentes. A comerciante Viviane Pinheiro, 41, mãe de Milena disse que sempre compra mais de um presente para a filha, pois é a única que ainda está na idade de ser presenteada. “Ela quer tudo, se for comprar tudo o que ela quer (risos). Hoje ainda não vim comprar, só trouxe ela para ver mais ou menos o que vai querer, é o dia dela escolher ainda”, contou.
De acordo com entrevista do BLOGdaFLORESTA feita na semana passada com o presidente da Câmara de Dirigentes Logistas de Manaus, (CDL), o administrador Ralph Assayag, o mês de outubro devido ao dia da criança, é possível mensurar uma injeção de R$ 40 milhões no comércio, principalmente nesta semana. O número segundo o presidente é oriundo de uma pesquisa de levantamento. Ralph disse ainda, que muitas lojas que não vendem artigo infantil  compraram para poder oferecer aos clientes presentes para as crianças.///Sara Matos – Fotos: Áida Fernandes

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here