Juiz determina “Toque de Recolher” em Maués

toqueO Juiz eleitoral de Maués com o aval do Ministério Público Estadual determinou Toque de Recolher no Município, considerando “o histórico das eleições passadas e o fato que os eleitores passam a madrugada que antecede o dia da realização do pleito, aglomerados a frente de suas residências com a finalidade de receberem dádivas e brindes entregues pelos cabos eleitorais dos candidatos na calada da noite”.A Portaria 05/2014, de 30 de setembro, assinada pelo Juiz Eleitoral Jean Carlos Pimenta dos Santos, com aval da Promotora Eleitoral Yara Rebeca Albuquerque Marinho, em seu Art.. 6° Determina “o toque de recolher em todo o município entre 24 horas deste sábado (04/10/2014), por causa do histórico de ocorrências em pleitos realizados e em virtude do reduzido efetivo enviado para a Zona Eleitoral”.

Além desta ordem discricionária, os operadores da Justiça Eleitoral da Terra do Guaraná determinaram também proibir “que no dia da votação, os eleitores usarem roupas com padronização de cores de partidos,tais como: vermelhas, amarela e azul”.

O descontentamento dos militantes é geral falam do terror que os operadores da Justiça estão promovendo em Maués,intimidando os eleitores e prejulgando o comportamento do povo com caracterização de “violência e baderneiro”. Na verdade, repudiamos tais determinações e ao contrário somos a favor da Democracia enquanto festa e manifestação popular sem amarras que venha constranger o eleitor e o soberano ato de confirmar nas urnas a sua vontade geral, nossa solidariedade ao povo de Maués,

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here