Josué Neto propõe cadastro anual para taxistas de Presidente Figueiredo

Dep. Josué Neto
Dep. Josué Neto
Dep. Josué Neto

O presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado estadual Josué Neto (PSD), enviou um requerimento à Agência Reguladora dos Serviços Públicos Concedidos do Estado do Amazonas (Arsam), para que órgão analise a possibilidade de mudar a periodicidade do cadastramento dos taxistas de Presidente Figueiredo (a 107 quilômetros de Manaus) de seis meses para um ano.

Essa é uma reivindicação da Associação dos Taxistas de Presidente Figueiredo, feita ao presidente Josué Neto, na última semana, quando ele teve uma reunião com os profissionais do município e ouviu as queixas de todos. A principal, é que esse cadastramento gera uma despesa de aproximadamente R$ 500,00, a cada semestre. Além do prejuízo no bolso, a cobrança de taxa duas vezes por ano não segue o padrão de outros impostos como o IPVA e IPTU que são cobrados anualmente, lembrou o parlamentar.

Os taxistas ainda precisam cumprir uma extensa burocracia para fazer o cadastramento, preparando e buscando documentos em várias repartições públicas. “Nesse período eles precisam parar de trabalhar para buscar os documentos, o que acaba prejudicando a geração de renda na família”, apontou o presidente.

Josué Neto defende que a Arsam precisa ouvir a categoria e avaliar as reivindicações, para que as circunstâncias de trabalho dos taxistas sejam as melhores possíveis. O deputado destaca que os taxistas são profissionais que contribuem para a movimentação da economia do município, transportando visitantes que vão até Presidente Figueiredo para conhecer as belezas naturais da região.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here