Política

Jair Bolsonaro não tem previsão de alta médica

O presidente Jair Bolsonaro, já sem sonda nasogástrica, caminha nos corredores do hospital. FOTO: Reprodução/Redes sociais

O presidente Jair Bolsonaro volta a se alimentar nesta sexta-feira (16), após dois dias com uma sonda nasogásgrita que, ao contrário, retirava os alimentos do seu estômago para reduzir a pressão sobre o intestino obstruído.

Ele apresentou ontem um evolução clínica satisfatória, segundo boletim médico divulgado no início da noite pelo Hospital Vila Nova Star, onde está internado, na capital paulista, desde quarta-feira (14). Ainda não há previsão de alta.

“O Senhor Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, segue internado no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, mantendo evolução clínica satisfatória. Desta forma, foi retirada a sonda nasogástrica e planeja-se o início da alimentação para amanhã. O presidente segue sem previsão de alta hospitalar”, diz o texto do boletim, assinado por cinco médicos do hospital.

No final da tarde, o presidente usou as redes sociais para informar que não poderia realizar a live, que faz todas as quintas-feiras . Ele também disse que não tinha condições de viajar a Manaus em razão da sua hospitalização. “Por motivo de internação hospitalar, comunico a impossibilidade de realizar a live de hoje bem como nossa ida a Manaus fica adiada”, disse no Twitter. (Coluna Cláudio Humberto)

Deixe um comentário