Isenção da tarifa de água para famílias afetadas pelo acidente no Proama

A expectativa é que o fornecimento de água esteja normalizado no prazo de 24h
A expectativa é que até o final do mês o fornecimento de água esteja normalizado
A expectativa é que até o final do mês o fornecimento de água esteja normalizado

Da Redação – As famílias que ficaram sem abastecimento de água deverão esperar mais um pouco para que o sistema seja restabelecido.

O prefeito Artur Neto cobra que até o final de julho o fornecimento para as Zonas Leste e Norte sejam totalmente restabelecido e determinou isenção da tarifa para as pessoas que estão sem água.

“Essa não é nenhuma atitude de piedade e sim de justiça, porque se não estão recebendo água em suas torneiras, então os moradores não têm o que pagar. Já conversei com os dirigentes da concessionária Manaus Ambiental e determinei que um estudo minucioso seja feito para verificar as pessoas que poderão ser beneficiadas. Mas a população pode ficar despreocupada que as providências estão sendo tomadas”, afirmou o prefeito.

Para os moradores que ainda estão sem água o secretário-executivo da Defesa Civil de Manaus, capitão Anibal Gomes, responsável pela distribuição de água dos 25 carros-pipa autorizados pela Manaus Ambiental, alerta para venda irregular de caminhões pipa. Dois proprietários foram autuados pela venda irregular de água inadequada para o consumo. Segundo o capitão, a venda não está sendo feita pelos carros-pipa autorizados para a distribuição gratuita.  “Alertamos a população para que não compre água sem procedência e que, em caso de irregularidade, denuncie ao Procon municipal”, esclareceu Anibal.

Enquanto o Proama não é normalizado, a distribuição de água gratuita irá continuar e uma parceria com a Eletrobrás Amazonas Energia vai permitir a reativação de mais 37 poços artesianos, perfazendo o total de 68 religados, depois que uma balsa atingiu a estrutura de captação do Proama há duas semanas, interrompendo o fornecimento./// Cláudia Regina

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here