Amazônia

Indígena carrega pai nas costas para se vacinar contra Covid

O jovem precisou andar por mais de seis horas para chegar ao posto de saúde mais próximo da aldeia. (Foto: Erik Jennings/Instagram)

Um jovem indígena precisou carregar o próprio pai por mais de seis horas para levá-lo tomar vacina contra Covid-19. Uma foto da viagem, tirada pelo médico Erik Jennings, viralizou nas redes socias.

Tamy Zoé andou por quilômetros dentro da mata fechada da floresta amazônica até chegar ao posto de saúde mais próximo. Foram seis horas para ir e mais seis para voltar.

A aldeia da etnia Zoé fica localizada na região norte do Pará, entre os rios Cuminapandema e Erepecuru. Ao publicar o registro, o médico Jennings relatou o enfrentamento da pandemia nas aldeias indígenas.

“Chega o ano de 2022 e não se registrou nenhum caso de Covid-19 na população Zoé. Tawy carregou o pai por 6 horas dentro de uma floresta com morros, igarapés e obstáculos até a nossa base. Feita a vacina, colocou o pai nas costas novamente e andou por mais 6 horas até sua aldeia”, escreveu.

*Com informações do iG

 

Deixe um comentário