Índices de coleta de esgoto em Manaus devem melhorar nos próximos dois anos, diz Trata Brasil

Ao todo 100 milhões de brasileiros não possuem coleta de esgoto. Somente 46% dos esgotos gerados são tratados.

Os índices de coleta e tratamento de esgoto na capital amazonense devem melhorar nos próximos anos, segundo defendeu o diretor-executivo do Instituto Trata Brasil, Édison Carlos, em visita a Manaus. A partir das melhorias que estão sendo feitas desde 2018 na rede de esgoto, o especialista em saneamento afirmou que a capital deve subir posições no ranking de saneamento das cidades brasileiras, pelo menos, nos próximos dois anos.

“O trabalho que está sendo feito atualmente em Manaus deve se refletir no futuro. Talvez ainda não seja visível no próximo levantamento com dados de 2018 do Instituto Trata Brasil, mas com certeza a capital vai subir posições em 2019 e 2020. Estamos acompanhando os projetos de saneamento básico e os investimentos que estão sendo feitos são visíveis. Muitas cidades brasileiras não conseguiram dar esse passo que Manaus está dando agora”, destacou Édison Carlos.

O diretor do Trata Brasil participou em agosto do Seminário Universalização do Saneamento – Desafios e Oportunidades, um dos maiores fóruns já realizados na capital com a presença de autoridades e especialistas da área. O evento promovido pela concessionária de água e esgoto Águas de Manaus tratou de temas voltados para o panorama, regulação e impactos socioeconômicos do saneamento.  Na oportunidade, Édson afirmou que a problemática do saneamento básico não é exclusiva de Manaus.

“Ao todo, 100 milhões de brasileiros não possuem coleta de esgoto. Somente 46% dos esgotos gerados são tratados. No Brasil, é como se 5.600 piscinas olímpicas de esgotos fossem despejadas na natureza diariamente. Brasil está entre as 10 maiores economias do mundo, mas ainda não conseguiu levar serviços de saneamento básico a todos os brasileiros. Quase 35 milhões de brasileiros não têm acesso a água tratada, o equivalente à população do Canadá”, disse.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here