Incêndio atinge barco e flutuante na Marina do Davi

(Foto: Ive Rylo/G1)

Uma embarcação de madeira e uma casa flutuante foram destruídos em um incêndio no início da tarde desta terça-feira (13), nas proximidades da Marina do Davi, na Zona Oeste de Manaus. Um curto circuito em um ar-condicionado teria causado as chamas, segundo o Corpo de Bombeiros.

O incêndio iniciou por volta das 14h, em um flutuante onde morava um marinheiro. Segundo informações repassadas por testemunhas, o proprietário teria deixado o condicionador de ar ligado e saiu da residência.

“Infelizmente foi um ‘curto’ no ar-condicionado mesmo. O ar ficou ligado, sem ninguém na casa. O pessoal não tinha ideia de como combater o fogo e ele se espalhou”, disse o marinheiro Mizael de Oliveira, de 32 anos.

Ele e mais seis homens de uma cooperativa de marinheiros foram até o local para ajudar após verem fumaça na área.

“Estávamos na cooperativa quando vimos fumaça. Fomos para lá e conseguimos ainda cortar as cordas e salvar quatro embarcações. O quinto barco não deu para salvar, o fogo já estava dentro dele. Os bombeiros chegaram rápido aqui, mas até o local, não deu tempo, se alastrou muito rápido com esse calor”, contou Oliveira.

Segundo o tenente coronel Menezes, equipes do Corpo de Bombeiros conseguiram controlar o incêndio para que o fogo não se alastrasse para os flutuantes vizinhos.

“Fomos acionados às 15h mais ou menos. Esta época do ano está muito seco, então qualquer fagulha na madeira ou em material combustível, inicia o incêndio e se perde o controle rápido”, comentou.

O dono do flutuante estava trabalhando no momento do incêndio. De volta ao local, ele não quis falar com a imprensa.

(Com G1)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here