Implurb acompanha cumprimento do TAC e Plano de Contingência do Shopping Manauara

As goteiras ocorrem onde ainda não chegou a reforma do telhado
As goteiras ocorrem onde ainda não chegou a reforma do telhado

O Instituto Municipal de Ordem Social e Planejamento Urbano (Implurb) tem monitorado e realizado vistorias técnicas no Manauara Shopping durante as chuvas de Verão, visando comprovar o cumprimento das obrigações assumidas pelo empreendimento ao assinar um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), com o órgão, para garantir a segurança de todos durante a reforma do telhado do centro de compras.

As fiscalizações também verificam o funcionamento do Plano de Contingência apresentado pelo mall, que é colocado em prática quando ocorrem precipitações na cidade. A ação do Implurb tem suporte da Gerência de Engenharia (GEN). Os relatórios produzidos nas últimas ocorrências de chuva verificaram a ocorrência de goteiras em alguns pontos do centro de compras, que receberam isolamento e serviços de limpeza e manutenção. As goteiras ocorrem onde ainda não chegou a reforma do telhado e em pontos que estão com lycra, tecido usado para substituir o forro, evitando possíveis desprendimentos de gesso. O engenheiro não presenciou nenhum tipo de anomalia decorrente das chuvas, durante a vistoria.

O shopping deve continuar adotando medidas preventivas para realizar a reforma no telhado e continuar com a operação comercial, além de fazer impermeabilização de lajes de cobertura; retirar placas de gesso úmidas afetadas por qualquer infiltração; isolar áreas atingidas; instalar lycra onde o forro for retirado; e seguir a instalação da nova cobertura sobre a cobertura existente.

O TAC se constitui de cláusulas de obrigação, de ações de contingência e de penalidades previstas, incluindo multa administrativa, de R$ 5 mil, por dia, em caso de descumprimento de qualquer prazo ou obrigações estabelecidos no termo. Todo o trabalho visa amenizar ao máximo as ocorrências de goteiras e alagações durante as precipitações, enquanto durar a reforma no telhado, cuja autorização é de 90 dias, a contar de setembro de 2013.

MEDIDAS DE REFORÇO E ITENS DE SEGURANÇA COM O TAC

I – Retirada de placas de gesso úmidas e mapeadas pelo Plano de Contingência (prazo imediato);

II – Isolamento temporário de acesso ao público e lojistas de áreas afetadas, durante a ocorrência de sinistro (imediato);

III – Instalação de lycra nas áreas onde o forro seja retirado (até o dia 13/10), retirada do forro de gesso sob as calhas em áreas onde o novo telhado ainda não esteja pronto (prazo até 12 de outubro);

IV – Instalação de novo forro de gesso em substituição à lycra, imediatamente após a completa instalação da nova cobertura metálica, com prazo máximo até o dia 31 de janeiro de 2014.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here