Política

Impeachment de Wilson Witzel é confirmado por Tribunal Especial no RJ

Maioria dos integrantes do Tribunal Especial Misto votou a favor do afastamento permanente de Witzel do governo do Rio. FOTO: Priscila Rabello/Alerj

O impeachment do governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), foi confirmado nesta sexta-feira (30) pelo Tribunal Especial Misto, que julga o caso. Era necessária uma maioria de 2/3 dos membros do Tribunal para que o governador eleito em 2018 fosse afastado permanentemente do cargo. O Tribunal Especial Misto (TEM) é composto por cinco desembargadores do Tribunal de Justiça do Rio, e cinco deputados estaduais. Até a publicação desta matéria, sete dos membros do TEM votaram contra Witzel.

Wilson Witzel passa a ser o primeiro governador a sofrer um impeachment na História do Brasil.

Crimes de responsabilidade

Witzel foi condenado por dois crimes de responsabilidade, cometidos durante a pandemia da Covid. O primeiro foi um ato de ofício que reverteu pareceres técnicos que desqualificaram a organização social Unir, que apresentou irregularidades na gestão de unidades de saúde no estado. O segundo crime de responsabilidade é a participação de Witzel, segundo os membros do tribunal, na contratação de outra organização social, a Iabas, para a construção e operação de sete hospitais de campanha por R$ 770 milhões. Apesar de o governo ter pago R$256 milhões à organização, apenas um dos hospitais entrou em funcionamento. (DIÁRIO DO PODER)

Deixe um comentário