Imóveis de Amazonino valem sete vezes mais que os valores declarados à Justiça Eleitoral

(Foto: Reprodução)

O governador Amazonino Mendes (PDT), que é candidato à reeleição, informou à Justiça Eleitoral, valores abaixo dos praticados no mercado, para dois imóveis de sua propriedade. Um deles, uma casa na rua Belém, Adrianópolis, zona Centro-Sul, de 3.201 metros quadrados que, segundo a inscrição do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano- inscrição municipal 46.293), vale R$ 626.255, mas consta na lista de bens anexada ao seu registro de candidatura, com o valor de R$ 56.669.

Segundo o DivulgaCand, sistema de divulgação de candidaturas e contas eleitorais do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Amazonino declarou vários terrenos na Ponta Negra, zona Oeste de Manaus, um deles no valor de R$ 300 mil. Mas, a inscrição de IPTU do imóvel, de número 454989, disponível na plataforma da Secretaria Municipal de Finanças (Semef), mostra que seu valor de mercado é de R$ 2.238.934.

Se considerados os valores reais, a declaração de bens de Amazonino Mendes, que soma R$ 3,42 milhões, chegaria a R$ 5,9 milhões. O valor disponível no Boletim de Cadastro Imobiliário (BCI) da Semef para cada imóvel (valor venal) é estimado pelo Poder Público para servir de base para o cálculo de vários impostos, entre eles, o IPTU.

Amazonino Mendes tem mais dois terrenos no loteamento Itapuranga. Os valores declarados no DivulgaCand são de R$50 mil e R$ 150 mil. O candidato não informou as inscrições de IPTU dos terrenos. Além deles, o governador tem um terreno em Rio das Ostras e outro em Arraial do Cabo, ambos no Rio de Janeiro.

Nos 30 itens declarados pelo candidato, alguns são de dar inveja a qualquer cidadão assalariado. Entre eles, estão duas lanchas: uma de 27 metros avaliada em R$ 250 mil e outra cujo valor informado é de R$ 210 mil. Essa última é descrita na lista como “lancha do negão”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here