Governo do Amazonas orienta mães sobre aleitamento materno

O Banco de Leite Humano Fezinha Azoategui tem 99 doadoras cadastradas
O Banco de Leite Humano Fezinha Azoategui tem 99 doadoras cadastradas

Atividades de sensibilização e orientações sobre como amamentar e doar o leite materno são algumas das ações desenvolvidas pelos Bancos de Leite Humano do Estado em Manaus. As ações fazem parte da Semana Mundial do Aleitamento Materno,que encerra nesta quarta-feira ( 7) com uma caminhada no Centro da cidade e pedalada na Ponta Negra, zona oeste da capital.

As mobilizações contam com o apoio da presidente do Fundo de Promoção Social (FPS) e primeira-dama, Nejmi Aziz, e têm a intenção de sensibilizar a sociedade sobre a importância do tema para o crescimento saudável das crianças. Apesar de acontecerem no período da campanha, as atividades de conscientização vão prosseguir no decorrer do ano para que as mães possam amamentar de maneira correta seus filhos e, também, não reduzam os estoques de leite nos Bancos de Leite Humano do Estado.

No Instituto da Mulher Dona Lindu, localizada na zona centro-sul de Manaus, as mães recebem dicas de como cuidar bem do bebê, após a gestação, e ainda o incentivo de fazer parte do trabalho solidário de doação de leite materno. A dona de casa Amanda Cunha, 30, recebeu diversas instruções em relação à amamentação do seu filho.

“É importante para as mães saberem o quanto é importante doar o leite e ajudar outras crianças que passam por problemas nessa fase de suas vidas. Eu aprendi muito e vou continuar ajudando”, comenta.

A funcionária pública Maria do Socorro Côrrea, 40, veio do município de Codajás (a 297 quilômetros de Manaus) ter seu filho na Maternidade Dona Lindu e passou quatro meses internada no local. Nesse período, ela doou mais de 17 mil litros de leite e foi homenageada na Maternidade pela atitude voluntária.

“Com essa doação de leite eu pude ajudar muitas crianças, além do meu filho que precisou devido a um problema no nascimento. Eu fico muito feliz porque recebi esse apoio e orientação para amamentar e doar”, disse.

Doações – Com 99 doadoras de leite cadastradas, o Banco de Leite Humano Fezinha Azoategui, que funciona ao lado do Instituto da Mulher Dona Lindu, recebe uma média de 80 litros de leite, ao mês, para atender cerca de 150 recém-nascidos na maternidade.

A coordenadora de enfermagem do Instituto, Gracimar Fecury, afirma que o processo de doação deve ser contínuo para auxiliar o trabalho nas maternidades. “Amamentar é um ato de amor e contínuo, por isso que chamamos atenção das pessoas para ajudar os Bancos de Leite que precisam de doação”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here