Política

Fundação Matias Machline deve se tornar uma entidade de utilidade pública

A menos de 15 dias de completar 35 anos de existência, a Fundação Matias Machline deve se tornar uma entidade de utilidade pública. O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), deputado Roberto Cidade (PV), apresentou o Projeto de Lei n°142/2021 para que o Parlamento Estadual reconheça os serviços prestados à educação amazonense e conceda este título à Instituição.

A Fundação Matias Machline é considerada o maior projeto social voltado para a educação e qualificação profissional do Brasil. A instituição oferece ensino médio técnico integral e gratuito a mais de mil estudantes em vulnerabilidade social na capital.

De acordo com Roberto Cidade, que na semana passada visitou a unidade ensino, a estrutura do local não fica atrás de nenhuma escola particular. Segundo o parlamentar, o investimento tem se traduzido em números expressivos, uma vez que somente no ano de 2019 foram mais de 250 aprovações em vestibulares locais e nacionais.

“A fundação Matias Machline cumpre, todos os dias, a missão de formar cidadãos e qualificar nossos jovens para o mercado de trabalho. Isso é digno de honra e a declaração da utilidade pública é apenas um ato de reconhecimento da Assembleia pelos serviços prestados aos estudantes amazonenses, principalmente àqueles que não têm condições financeiras para ensino particular”, afirmou.

Honrarias

A Fundação Matias Machline já conquistou a Certificação Beneficente de Assistência Social na Área de Educação (CEBAS) emitida pelos Ministérios do Desenvolvimento Social, da Saúde e da Educação e, também, o Prêmio Lide de Educação e Inovação por seu excelente serviço prestado à comunidade acadêmica.

Deixe um comentário