Foco de brucelose e tuberculose detectado na área urbana e rural de Parintins

Cerca de 10 animais estariam infectados e terão de ser sacrificados

Sinal vermelho na saúde pública em Parintins (360 quilômetros de Manaus). Técnicos da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal (Adaf) encontram focos de brucelose (causada pela Brucella abortus) e turbercule (desenvolvido pelo vírus Mycobacterium bovis) em fazendas na área urbana e rural do município polo do baixo Amazonas.

A funcionária Natacha Barreto não informou a localização das fazendas, mas confirmou serem 10 animais infectados e que vão ser encaminhados imediatamente para o sacrifício na área urbana. No interior, o foco de brucelose e tubérculo foi detectado na Comunidade do Zé Açú, na Gleba de Vila Amazonia.

Segundo Natacha, a preocupação é o costume do parintinense ingerir o leite cru e ainda comer o  queijo coalha, visto que se forem de animais contaminados os consumidores correm o risco de pegarem as doenças. “ Nossa orientação é que as pessoas  evitem o consumo do leite e o queijo coalha. Se forem consumir tem que ferver bem e no caso do queijo as pessoas precisam saber de onde estão comprando  e o nome fazenda”, alerta.

Os pecuaristas e suas propriedades vão responder às propriedades a inquérito epidemiológico e tem 30 dias para responder após a notificação.

Outro problema em Parintins apontado por Márcia Ferreira Coordenadora da ADAF é a venda de leite coalha na maioria dos supermercados e sem o selo de qualidade. “Não haverá fiscalização dessa venda pois a Agência de Defesa Agropecuária e Florestal não tem a competência para isso”, disse Márcia.

Na avaliação da ADAF em Parintins, os pecuaristas estão preocupados em realizar a vacinação do rebanho contra a febre aftosa e não priorizam e lembram ser obrigatória a vacinação de bezerras com idade entre 3 e 8 meses contra brucelose e tuberculose.

A tuberculose e a brucelose são doenças classificadas pelo PNCEBT (Programa Nacional de Controle e Erradicação da Brucelose e da Tuberculose Animal) como infecto-contagiosa. ///Hudson Lima

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here