Fiéis participam da procissão do Círio de Nazaré em Manaus

(Fotos: Euzivaldo Queiroz)
(Fotos: Euzivaldo Queiroz)

Momentos de fé e devoção tomaram conta das ruas da Zona Centro-Sul de Manaus na tradicional procissão do Círio de Nazaré, que ocorreu na manhã deste domingo (8). A berlinda com a imagem da santa padroeira dos paraenses saiu do Santuário de Fátima, na Praça 14 de Janeiro, por volta de 8h e chegou ao Santuário de Nazaré, na avenida Mário Ypiranga Monteiro, Adrianópolis, às 9h30, onde foi celebrada uma missa solene. 

Durante todo o percurso, a berlinda da Santa foi conduzida pelos fiéis sendo puxada por uma corda. O artista plástico Eduelson Almeida, 56, só em Manaus, participa do Círio há 30 anos. “Se não fosse por uma promessa que fiz a Santa eu não estaria vivo. Por isso, desde os 21 anos, eu venho agradecer a ela pela benção que me concedeu”.

Devoção

No trajeto da procissão, a imagem de Nossa Senhora de Nazaré passou em frente à residência da dona de casa Lindalva Morais, 80, que há 5 anos monta um altar na entrada de sua casa em homenagem à Santa. Toda a família ajuda e a própria Lindalva confecciona cada ano um novo manto para a Santa. “Temos muito a agradecer a Nossa Senhora e essa é uma forma de também lhe fazer uma homenagem”, disse.

O pároco de Nazaré, padre Daniel Curnis, disse que este é o momento central do Círio porque leva a imagem da santa, que passou a noite no Santuário de Fátima, de volta ao Santuário de Nazaré. E as celebrações não param. “É a abertura dos praticamente 15 dias das celebrações da Eucaristia na Igreja de Nazaré e também um momento de reza que este ano vai ser nos prédios da paróquia”, afirmou. Ao todo, 15 mil pessoas participaram da procissão segundo dados do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC).

Mais festejos

Ainda este domingo haverá as Missas da Festividade às 11h30, às 18h e às 19h30. Nas próximas duas semanas, os paroquianos irão todos os dias celebrar a eucaristia (missa) e em seguida darão continuidade aos festejos de Nazaré realizando a novena do Círio nas residências de famílias que moram nos edifícios próximos da comunidade.

No dia 22 de outubro, ocorre a procissão do recírio pelas ruas de Adrianópolis, às 17h30, seguido da missa e por fim o arraial de confraternização.

Os festejos deste ano têm como tema uma frase pronunciada pelo papa Francisco, durante passagem pelo Brasil em 2013, sobre a imagem de Nossa Senhora Aparecida: “Deus ofereceu ao Brasil a sua própria mãe”. Além do lema: “Com Maria caminhamos seguros ao encontro de Cristo”.

(PAC)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here