Festival de Cirandas de Manacapuru terá segurança reforçada

Cerca de 588 policiais civis e militares vão garantir a segurança dos brincantes
Cerca de 588 policiais civis e militares vão garantir a segurança dos brincantes

Com a expectativa de receber até 15 mil visitantes por dia, a cidade de Manacapuru (a 68 quilômetros de Manaus) vai contar com um reforço importante dos órgãos do Governo do Estado nas áreas de saúde, assistência social e segurança pública para a 17ª edição do Festival de Cirandas, nos dias 30 e 31 deste mês e 1º de setembro. O plano da Operação Ciranda 2013 foi elaborado pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), por intermédio do Gabinete de Gestão Integrada (GGI), e será executada pelas polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros e Departamento de Trânsito (Detran) e outros órgãos municipais, estaduais e federais.

De acordo com o secretário de Segurança Pública, coronel PM Paulo Roberto Vital, cerca de 700 servidores do sistema serão empregados desde um dia antes até um dia depois do festival. O maior contingente é das polícias Civil e Militar, que atuarão com 588 homens. As delegacias do município funcionarão em regime de plantão e central de flagrante 24 horas, enquanto pelo menos 188 policiais militares garantirão a segurança nas ruas, nos balneários públicos e no Parque do Ingá, onde se apresentam as cirandas Flor Matizada, Guerreiros Mura e Tradicional.

“Vamos trabalhar na segurança desde a saída de Manaus, na travessia pela ponte Rio Negro, ao longo da rodovia Manoel Urbano, nos seus quase 70 quilômetros, até a chegada e circulação em Manacapuru. O objetivo é que uma das nossas maiores festas transcorra com os mesmos índices baixos de ocorrência grave dos últimos anos, desde que o GGI começou a atuar na coordenação da segurança”, disse Vital.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here