Festas de fim de ano “magro” em lares de desempregados

natal magro

Sabemos que estamos diante de um difícil quadro econômico, o setorindustriário e comercial tem passado uma grande crise e algumas famílias já foram atingidas pelo fantasma do desemprego e já não tem tanta expectativas em relação as comemorações do fim do ano, se pelo menos terão um peru na ceia de natal. O presidente da Força Sindical no Amazonas, Vicente Filizzola, em entrevista ao BLOGdaFLORESTA, falou sobre a luta da Força Sindical em fazer que todos os trabalhadores tenham seus direitos respeitados, e que a cada dia mais pessoas possam ter certeza que podem contar com o apoio do movimento sindical. Relatou ainda, a situação financeira que refletirá na mesa de muitos trabalhadores nas festas de fim de ano.

Sobre o desemprego que assola muitos trabalhadores o presidente da Força Sindical falou que infelizmente algumas surpresas indesejadas acontecem com esses trabalhadores. “Estamos vivendo um tempo de muita preocupação com a Indústria, a Yamaha, por exemplo, ainda não conseguiu retomar sua produção normal e isso consequentemente prejudica os trabalhadores”, contou  ilizzola. O presidente da Força Sindical comentou ainda que a situação vivida por muitos trabalhadores é uma situação em que não é possível ver uma luz no fim do túnel. “A pior coisa do mundo é ver um trabalhador, um pai de família desempregado no fim do ano”, disse.///Sara Matos

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here