Federação do Chile pede para Rueda pagar a multa ao Flamengo, diz jornal

As negociações entre o técnico Reinaldo Rueda, do Flamengo, e a seleção do Chile esfriaram. Segundo o jornal chileno “La Tercera”, os dirigentes da Federação de Futebol do Chile (ANFP) querem que o treinador pague a multa rescisória ao Rubro-negro, que a partir de hoje está estipulada em US$ 325 mil (cerca de R$ 1,3 milhão).

Conforme o diário, o presidente da associação, Arturo Salah, teve uma reunião com Rueda há dez dias,

“Acontece que Salah e companhia tampouco ofereceram pagar a cláusula de saída que tem o colombiano em seu contrato, que se reduzirá para US$ 325 mil a partir de 1º de janeiro. Segundo o entorno do ex-treinador de Equador e Honduras, a direção do futebol chileno solicitou que o próprio técnico fizesse cargo desse desembolso. A resposta de Rueda não demorou a chegar. Contam na associação que descartou o oferecimento”, revela o jornal.

Isso não foi a única coisa que incomodou Rueda. A ANFP realizou a primeira oferta formal em termos econômicos: US$ 2 milhões anuais para toda a comissão técnica, o mesmo que ganhava Juan Antonio Pizzi.

“O montante surpreendeu negativamente o treinador, que o considerou baixíssimo, levando em conta que ganha uS$ 3 milhões no Brasil”, disse ainda o jornal.

Ainda conforme o “La Tercera”, o treinador colombiano “enviou no dia 27 de dezembro uma contraproposta pedindo (…) US$ 3,5 milhões e que a associação pague a rescisão. Em Quilín (sede da ANFP), disseram que não nesse mesmo dia. Logo veio o silêncio. Com informações do Extra.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here