Faltam promotores e juízes no interior

Dep. Luiz Castro
Dep. Luiz Castro
Dep. Luiz Castro

Da Redação – Faltando apenas dois dias para as eleições 2014, em alguns municípios não há promotores do Ministério Público, nem juízes para fiscalizarem a propaganda eleitoral, dentre outras atividades prévias para o pleito. A denúncia foi feita pelo deputado (PPS) Luis Castro ontem (23), no plenário da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).

O parlamentar manifestou sua preocupação, pois recebera denúncias de que no município de Envira dentre outros, a ausência de promotores e juízes às vésperas das eleições estaria sendo um problema. Um incidente ocasionado por um soldado que teria parado um carro e retirado a propaganda de um candidato foi o motivo para perceber a falta dos responsáveis pela fiscalização no município de Envira, neste sentido o deputado Luis Castro disse “imaginem o poder que passa a ter o Prefeito de um município quando não há representantes do Ministério Público ou do Tribunal de Justiça do Amazonas e o favorecimento para um determinado candidato, é uma falha grave”.

Explicou ainda que a ausência destas autoridades, acaba dando a uma facção do poder um excessivo peso que não cabe ao Prefeito, nem à Polícia Militar ou Civil nas tarefas de fiscalização da propaganda para o pleito do segundo turno nas eleições. “Compreendemos as dificuldades, mas tem que haver um plano para que não aconteça este tipo de situações” salientou.
O parlamentar apresentou à presidenta do TJAM, Graça Figueiredo, e ao Procurador do Estado, Fabio Monteiro, uma nota indicando esta preocupação e lembrando que o Ministério Público é o principal fiscal neste período pré eleitoral, solicitou também para não deixar as comarcas nem municípios sem promotores nem juízes. (Mercedes Guzmán)

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here