Meio Ambiente

Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011

FOTO: OceanX

A identidade da lula gigante que causou o naufrágio de uma balsa em 2011 foi revelada após uma expedição da OceanX em 2020 no norte do Mar Vermelho. Eles localizaram a balsa na região usando tecnologias de bordo, mas ficaram chocados em ver uma lula enorme, que nadou em direção ao navio de pesquisa antes de sair de maneira apressada.

Por meio de suas câmeras de filmagem, a equipe conseguiu fazer imagens da lula gigante e procurou resolver o debate em busca da perícia do zoólogo de invertebrados Michael Vecchione, do Museu Nacional de História Natural do Smithsonian, em Washington.

“Fomos bombardeados pelo gigante púrpura”, revelou Mattie Rodrigue, líder do programa de ciências da OceanX, ao Live Science. O nome da espécie é Sthenoteuthis oualaniensis.

Lulas voadoras roxas são encontradas nos oceanos Pacífico e Índico e podem ser identificadas por um grande órgão de luz amarela que é visível em indivíduos maiores. Eles variam em tamanho de anão a gigante, com este medindo cerca de 2 metros de comprimento, provavelmente encaixando-se na última categoria. (REVISTA PLANETA)

 

Deixe um comentário