EXCLUSIVO: “Eu sempre fui muito obediente e sei o meu limite”, Josué Neto

Dep. Josué Neto

Josué Neto - Deputado Estadual

Da Redação – Há trezes meses na presidência da Assembleia Legislativa do Amazonas, o deputado estadual Josué Cláudio de Souza Neto (PSD), revelou ao BLOGdaFLORESTA manhã desta quarta-feira, está completando a missão na qual se propôs ao assumiu a administração do Legislativo Estadual em fevereiro de 2013. Na parte administrativa aproximar o parlamento da sociedade e na parte política manter unida a base de sustentação do governo Omar Aziz (PSD).

Josué tornou-se presidente após entrave político entre os deputados Chico Preto (PMN) e Ricardo Nicolau (PSD) que dividia os parlamentares. Josué também torce para o esforço concentrado dos políticos do Amazonas e a promessa da presidente Dilma Roussef (PT) tenha êxito na aprovação de mais 50 anos da prorrogação do Modelo da Zona Franca de Manaus.

Sobre o processo político de outubro, o presidente reafirma a intenção de concorrer nas convenções para disputar a pré-candidatura a reeleição, mas estará a disposição do PSD para uma vaga de federal ou mesmo candidato a vice governador.

BLOGdaFLORESTA: O senhor implementou várias ações na ALEAM desde ano passado visando aproximar o Legislativo Estadual da população e das Câmara Municipais. Mas na parte política como você se auto avalia a frente da Casa?

Jousé Neto: Quando me tornei presidente da casa, tive a missão de manter a base unida até as convenções. Essa é a minha missão.

BLOGdaFLORESTA: As convenções partidárias são no mês de junho. Hoje temos o grupo peemedebista do senador Braga e ainda o pré-candidato Chico Preto entre a base do governo. O senhor avalia que consegue a missão até o final?

Josué Neto: Tenho mantido diálogo e vamos manter a unidade sim. Agora a partir das convenções de junho, as alianças serão políticas partidárias e eleitorais. Não mais da base aliada do governo.

BLOGdaFLORESTA: Além de Chico Preto, temos hoje o deputado Marcelo Ramos como candidato dentro da ALEAM. Isso aumenta a pressão sobre no parlamento?

Josué Neto: As duas situações são muito diferente. Não há pressão, pelo contrário. Há aprendizado. Os deputados que são pré-candidatos, no caso Chico Preto no PMN e Marcelo Ramos no PSB, são colegas de parlamento e isso é a democracia. O parlamento é o núcleo da democracia.

BLOGdaFLORESTA: Como a mesa diretoria vem tratar o tema polêmico envolvendo os deputados Luiz Castro (PPS) e Ricardo Nicolau (PSD) que baixaram o nível e discutiram na tribuna com acusações mutuas?

Josué Neto: O tema entre deputados será tratado dentro da legalidade. Dentro do que diz o regimento, com suas tramitações sendo respeitadas de forma imparcial.

BLOGdaFLORESTA: O senhor tem realizado dezenas de viagens aos municípios. Encontrado diversos grupos nessas cidades. Em algumas, percebe-se um acirramento político antecipado. Como o senhor avalia essa questão?

Josué Neto: As lideranças municipais devem entender que essa eleição é uma eleição estadual. As discussões deve ser realizadas em maior abrangência, visando projetos para o Amazonas. Cada um faz o seu trabalho, no período das eleições, seja 2014 ou em 2016, o que deve vencer é o trabalho que foi realizado e não discussões pontuais que visam à eleição.

BLOGdaFLORESTA: Como o senhor vem acompanhando a luta para a prorrogação de mais 50 anos da Zona Franca de Manaus.

Josué Neto: Estou assim como cada manauara e cada amazonense na expectativa que tudo se resolva da melhor maneira possível e o projeto seja aprovado. O governador Omar Aziz fez um gesto inédito ao tomar a redes e buscar o prefeito de Manaus Artur Neto para unir forças com os nossos senadores e deputados federais com o objetivo de unir os demais lideres para essa prorrogação. O modelo vem tendo seus ajustes e está comprovado que é ainda alternativa para a nossa região.

BLOGdaFLORESTA: Ano passado o senhor foi cotado como o quinto nome do PSD para disputar uma vaga ao Câmara Federal ou mesmo vice-governador. Como anda o projeto político Josué em 2014?

Josué Neto: A minha pré-candidatura é de reeleição. Apenas isso. Ademais estou à disposição do PSD. Estarei a disposição de uma dialogo entre as lideranças políticas que comporão alianças. Eu sempre fui muito obediente e sei o meu limite.

BLOGdaFLORESTA: Estamos há 14 dias para o governador Omar deixar ou não o comando do estado. Você acredita em alguma surpresa?

Josué Neto: A surpresa depende da forma que cada um de nós possamos enxergar e a nossa expectativa de futuro. O que acontecerá até lá, somente o governador Omar e o vice governador professor José Melo sabem. ///Hudson Lima Especial para o BLOGdaFLORESTA

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here