Ex-ditador argentino Jorge Videla morre aos 87 anos

O ex-ditador argentino Jorge Rafael Videla morreu nesta sexta-feira (17) aos 87 anos, segundo a imprensa argentina, que cita fontes ligadas à família. O ex-general morreu de causas naturais, às 6h30, segundo o boletim médico.

Ele foi “encontrado em sua cela sem pulsação nem reação das pupilas. Um ECG (eletrocardiograma) foi realizado e constatou o óbito, às 08h25 do dia de hoje”, afirma o a nota.

Cecilia Pando, da Associação de Familiares e Amigos de Presos Políticos da Argentina (entidade de apoio a militares condenados por crimes durante o regime militar de 1976 a 83), disse que ele passou mal na noite da véspera e não quis jantar. “Durante a noite não se sentia bem, não queria jantar e esta manhã o encontraram morto na cela”, afirmou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here