Estado acelera implantação do Prosai em Maués

O Governo do Estado do Amazonas, por meio da Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE) e da Secretaria de Estado de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Manaus (SRMM), iniciou nessa semana, uma missão de revisão dos projetos do Programa de Saneamento Integrado de Maués (ProsaiMaués). A ação faz parte da nova meta do Estado de colocar o programa, definitivamente, em ação.

“O Programa está fazendo quatro anos e os antigos governos não colocaram nada de obra em ação. O governador Amazonino Mendes determinou a celeridade do projeto, por isso, estamos em missão aqui no município para fazer um levantamento completo do ProsaiMaués, e elaboramos um novo plano de ação e execução” explicou Claudemir Andrade, coordenador Executivo da UGPE.

A chegada dos representantes do Governo a Maués é vista como positiva pelos moradores da cidade, principalmente, os que estão no entorno das áreas que receberão as obras. A aposentada Ana Neide, 54, moradora da Lagoa do Prata há 30 anos, é uma delas. “Eu percebo que esse novo governo está colocando o projeto para andar. Nosso maior sonho é ver o ProsaiMaués funcionando de verdade. Temos uma grande esperança de que agora tudo ande”, disse.

A missão em Maués, município localizado a 276 quilômetros de Manaus, ocorre até a próxima sexta-feira (05/01). Entre as atividades programadas estão as visitas às Lagoas do Prata, Donga Michiles e Maresia, locais onde hoje vivem 242 famílias em situação de vulnerabilidade social.

Na noite da última quarta-feira (03/01), a comitiva formada pelo secretário Executivo da SRMM, Elânio Gouvêa, coordenador Executivo da UGPE, Claudemir Andrade e sete técnicos da SRMM e UGPE, reuniu com o prefeito da cidade, Júnior Leite, para apresentação das novas propostas de ação. “Temos a preocupação de colocar de fato o projeto em execução. Esse é do desejo do governador Amazonino Mendes e do secretário Oswaldo Said Júnior. Estamos empenhados em ultrapassar todas as etapas para que o ProsaiMaués finalmente comece suas frentes de obras”, concluiu Elânio Gouvêa.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here