Esposa pede para Kobe cuidar bem de Gigi: ‘Farei o mesmo aqui’

Vanessa Bryant leu mensagem durante cerimônia em homenagem ao ex-jogador e disse que cuidará das três filhas do casal: Nana, BoBo e CoCo. ─ Foto: Lucy Nicholson/Reuters

Na homenagem a Kobe Bryant, a quadra do lotado ginásio Staples Center, em Los Angeles, se tornou um palco de recordações. E, no discurso do maior jogador de todos os tempos, Michael Jordan, ficou claro que, acima de qualquer rivalidade, o vínculo entre os jogadores faz do basquete americano uma família.

Em um misto de humildade e grandeza, Jordan falou, com lágrimas escorrendo pelo seu rosto, sobre a relação com Bryant, morto em acidente de helicóptero no último dia 26, com sua filha Gianna e outras sete pessoas.

“Kobe fez muito pelo basquetebol. Tudo que ele fez pelo jogo, na vida, como pai, Kobe nunca deixou nada para trás. Ele deixou tudo em quadra. Pode ser surpresa para as pessoas nós sermos amigos próximos, mas nós somos amigos próximos. Kobe era um amigo querido, quase como um irmão mais novo”, afirmou, sob intensos aplausos.

Jordan e Bryant chegaram a ser colegas de geração. No retorno de Jordan ao basquete, em 2001, ele atuou, já veterano, por dois anos no Washington Wizards, quando o Lakers de Bryant voltava a ganhar títulos, conquistando o tri da NBA em 2000, 2001 e 2002, após 9 anos.

Jordan contou que a curiosidade de Kobe o fazia enviar-lhe mensagens até mesmo de madrugada. Tendo, no início, considerado estranho tal ímpeto em saber sobre movimentações durante um jogo, Jordan logo percebeu que o jovem Bryant apenas estava expondo toda a sua paixão pelo basquete.

Mais do que realçar comparações, Jordan deixou claro que Bryant carregava um pouco dele nas quadras. Assim como ele aprendeu a admirar o ex-craque do Lakers, para ele, um grande amigo.

“Todo mundo queria falar das comparações entre nós, eu só queria falar sobre Kobe. Todos nós temos irmãos e irmãs mais novos que estão sempre se metendo em suas coisas, no seu armário, nos seus tênis. É sem noção, mas essa falta de noção vira amor. A admiração que eles têm por você como irmão ou irmã mais velho ou velha. Eles querem saber tudo sobre você. Quando Kobe morreu, um pedaço de mim também morreu,” afirmou.

fonte | R7

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here