Especialistas alertam para o autoexame da boca como forma de prevenir câncer oral

O câncer de boca está entre os 18 tipos de neoplasias mais comuns
O câncer de boca está entre os 18 tipos de neoplasias mais comuns
O câncer de boca está entre os 18 tipos de neoplasias mais comuns

Com um simples autoexame na boca é possível identificar de forma precoce o câncer e outras doenças que afetam a região da boca. O alerta foi dado nesta quarta-feira (29), por especialistas, durante a abertura da Semana de Saúde Bucal do Amazonas, que busca orientar a população para o diagnóstico precoce da doença.

O evento é realizado até o próximo dia 7 de novembro, pelo Conselho Regional de Odontologia do  Amazonas (CRO-AM), Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (Susam) e Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), com o apoio da Uniodonto Manaus. Durante o evento, o CRO-AM realizou a entrega da Medalha Rubim Sá à cirurgiã-dentista e ex-presidente do órgão, Rildoner Amor Divino Andrade Chaves, pelos relevantes serviços a classe odontológica.

Nesta quinta-feira, dia 30, será o Dia “D”, onde as unidades de saúde do Estado e município estarão mobilizadas para o exame da boca. No Estado, as ações serão realizadas nos Centro de Atenção integral à Melhor Idade (Caimis) e no município nas atividades se concentram nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). “Todas as pessoas que forem buscar atendimento nos Caimis receberão orientação quanto ao câncer de boca e farão o exame oral”, disse o Coordenador Estadual de Saúde Bucal da Susam, Robson Vidal.

De acordo com o presidente do CRO-AM, João Franco, o autoexame é simples e eficaz, pode ser feito diante do espelho em um local bem iluminado, verificando-se lábios, língua (principalmente as bordas) assoalho (região embaixo da língua) gengivas, bochechas, palato (céu da boca) e amídalas. “A inspeção da boca, frente ao espelho, com uma boa iluminação, é um método simples e que permite avaliar rapidamente lesões suspeitas, tendo um importante papel na prevenção e diagnóstico precoce do câncer”, ressaltou Franco.

O câncer de boca (cavidade oral) está entre os 18 tipos de neoplasias mais comuns que atingem a população do Amazonas, sobretudo os homens com mais de 50 anos, de acordo com dados no Instituto Nacional de Câncer (Inca). Os sintomas da doença podem ser identificados de forma oral, ou seja, vistos pelo próprio paciente ou numa visita de rotina a um cirurgião-dentista.

Como fatores de risco para a doença, o presidente do CRO-AM destaca ainda o vício de fumar cachimbos e cigarros, consumo de álcool em excesso, má higiene bucal e uso de próteses dentárias mal-ajustadas. “Orientamos que a população que necessite de colocar prótese na boca, não procure qualquer pessoa sem conhecimento técnico e científico, pois o uso de prótese mal ajustadas pode trazer sérios riscos à saúde”, disse.

Anualmente, o CRO-AM realiza ações de conscientização sobre a doença, como forma de incentivar para que a população faça o autoexame da boca e consulte um cirurgião-dentista pelo menos uma vez ao ano ou a cada seis meses. “Os sintomas do câncer de boca podem ser identificados pela própria pessoa numa visita de rotina com um cirurgião-dentista. Mas é importante que as pessoas tenham esse hábito de fazer o autoexame sempre”, disse.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here