Educação

Equipes da UEA vencem Desafio Universitário em Joinville

Participaram da competição alunos de cinco cursos de Engenharia da UEA - Foto: Divulgação / UEA

As equipes Jaraqui 1 e Jaraqui 2 da Escola Superior de Tecnologia da Universidade do Estado do Amazonas (EST/UEA) conquistaram, respectivamente, o primeiro e segundo lugar no VIII Desafio Universitário de Nautidesign (DUNA) 2021, em Joinville (SC). A equipe Navi também representou a UEA na competição, e ficou na sexta colocação geral. O Desafio Universitário de Nautidesign (DUNA) é um projeto criado pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), desde 2013, e ocorre no Campus Joinville. Na edição deste ano, participaram alunos dos cursos de Engenharia naval, mecânica, química, elétrica e civil da UEA.

A equipe Jaraqui já conquistou duas vezes o primeiro lugar na competição, nos anos de 2015 e 2019. O desafio é composto por diferentes etapas, com provas práticas, que acontecem na água, e uma de avaliação técnica do projeto. A banca de avaliadores é formada por professores da UFSC. Além de ter conquistado a 1ª e 2ª colocação, a equipe Jaraqui ganhou a prova de Bollard Pull

“A sensação de ter conquistado o prêmio, para nós, é sem igual. É motivo de muita alegria e muito orgulho, pois essa é a minha terceira participação e esse ano foi o mais concorrido, com um nível bastante alto. Somos muito gratos a todos os nossos apoiadores e aos professores que contribuíram para que alcançássemos nosso objetivo”, afirmou o discente de Engenharia Naval e capitão da equipe Jaraqui, Luiz Neto.

O coordenador da equipe Jaraqui e professor da UEA, João Evangelista, ressaltou que o prêmio se traduz em grande reconhecimento para a equipe e visibilidade para as atividades do projeto da UEA.

“Essa conquista é muito relevante, pois há um empenho gigantesco da equipe. O time tem alunos de diversas equipes das engenharias da UEA, um time multidisciplinar, o que contribui para uma sinergia muito boa entre os integrantes. A equipe já ganhou o respeito nacional, sendo destaque em outras universidades. Esperamos que outros prêmios possam vir”, disse

Representatividade – formada majoritariamente por mulheres, a equipe Navi foi representada no Prêmio por quatro alunas do curso de Engenharia Naval. Apesar dos obstáculos, as estudantes conseguiram não apenas participar da competição, mas levar os prêmios de 1º lugar na categoria Corrida e 2º lugar na prova de Manobrabilidade com Barcaça.

A capitã do grupo, Carolina Castro, enxerga o êxito na premiação como uma prova de que as mulheres são capazes de ser o que quiserem e de que não há quem as impeçam de ocupar seu espaço.

“A importância da Navi como uma equipe formada por mulheres é, justamente, a representatividade. A equipe carrega a proposta de ser ativa na Universidade para mudar a ideia de que nas engenharias só atuam homens. Sentimos nas costas o peso do que é ser mulher em uma faculdade de Engenharia. Queremos quebrar barreiras e apoiar outras mulheres que estão ingressando na área”, enfatiza Carolina.

Sobre a competição – o DUNA é um projeto criado pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) – Campus Joinville, que consiste numa competição universitária inédita no Brasil e de abrangência internacional. O projeto DUNA tem como objetivo propor uma competição onde universitários são estimulados a desenvolver e construir um modelo funcional, em escala reduzida, de uma embarcação do tipo rebocador, tem por objetivo fomentar a geração de inovações na área de Engenharia Naval e estimular a interação entre alunos de engenharia, sobretudo, da área naval.

Os modelos concebidos pelas equipes são submetidos a uma série de provas, que ocorrem em vários dias, a fim de avaliar a qualidade de seu projeto e construção.

Deixe um comentário